Miguel Frasquilho

Miguel Frasquilho: plano de reestruturação será vital para a «sustentabilidade» da TAP

Aéreo, EmpresasComentários fechados em Miguel Frasquilho: plano de reestruturação será vital para a «sustentabilidade» da TAP480
Tempo de Leitura: 2 minutos

O presidente do Conselho de Administração do Grupo TAP, Miguel Frasquilho, defendeu que o plano de reestruturação da companhia, a apresentar a Bruxelas, cujos trabalhos tiveram início na Segunda-feira, é vital para «assegurar a sustentabilidade futura» da empresa.

«Como é do conhecimento de todos, na passada Segunda-feira, dia 17 de Agosto, iniciaram-se os trabalhos de elaboração do plano de reestruturação a apresentar à Comissão Europeia […]. Trata-se de um processo de vital importância para assegurar a sustentabilidade futura da nossa TAP», afirmou Miguel Frasquilho, pedindo «dedicação e empenho» de todos, numa mensagem enviada aos trabalhadores, a que a Lusa teve acesso.

Segundo Miguel Frasquilho, os «primeiros dias» servirão para implementar um trabalho preparatório, colectar dados, realizar entrevistas e definir «aspectos relevantes» que serão determinantes para «o sucesso do projecto». Miguel Frasquilho notou que esta matéria está na esfera do Conselho de Administração e tem um comité directivo que supervisiona os projectos, que reuniu pela primeira vez no dia 19, formado pelo próprio, pelo COO, Ramiro Sequeira, pelo presidente da Comissão Estratégica, Diogo Lacerda Machado, e pelo CFO, Raffael Quintas.

«Já foram definidos vários pontos focais para diversas áreas, mas, naturalmente, sendo um trabalho transversal ao grupo, este irá ser realizado em conjunto com as diferentes equipas da empresa», adiantou o responsável. O Conselho de Ministros aprovou em 17 de Julho a concessão de um empréstimo de até 1.200 milhões de euros à TAP, em conformidade com a decisão da Comissão Europeia.

Além do empréstimo remunerado a favor do Grupo TAP de 946 milhões, ao qual poderão acrescer 254 milhões, sem que, contudo, o Estado se encontre vinculado à sua disponibilização, as negociações tinham em vista a aquisição, por parte do Estado Português, «de participações sociais, de direitos económicos e de uma parte das prestações acessórias da actual accionista da TAP SGPS, Atlantic Gateway, SGPS, Lda».

Fonte: Lusa

Foto: Por Rodrigo Marques – AICEP – AICEP, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=48689370

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com