ferrovia ligação europeia

Mota-Engil firma «maior contrato de sempre» para infra-estrutura ferroviária na Nigéria

Terrestre Comentários fechados em Mota-Engil firma «maior contrato de sempre» para infra-estrutura ferroviária na Nigéria 623
Tempo de Leitura: 2 minutos

A construtora Mota-Engil deu a conhecer, através de informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que «a sua subsidiária para a região de África assinou um contrato conducente à execução do projecto, à construção e ao financiamento de uma infra-estrutura ferroviária na República Federal da Nigéria e na República do Níger». Os trabalhos demorarão cerca de 32 meses.

Mota-Engil realça «maior contrato de sempre do grupo»

De acordo com a construtora este trata-se «do maior contrato de sempre do grupo», que tem vindo «a exigir ao longo dos últimos três anos uma preparação e organização ímpares conducentes à mitigação dos riscos, à maximização da rentabilidade, à redução dos prazos de execução e à minimização do impacto nas comunidades locais e do seu custo para a República da Nigéria».

Na nota, noticiada pela Lusa e Dinheiro Vivo, a Mota-Engil clarifica que o contrato, firmado com o Ministério dos Transportes nigeriano «ascende a cerca de 1.820 milhões de dólares e incluirá o projecto, o procurement, a construção, bem como o financiamento» de uma linha férrea com cerca de 284 km + 94 km, um empreendimento chamado ‘Kano-Danbatta-Kazaure-Daura-MashiKatsina-Jibiya-Maradi’» com uma ligação a Dutse.

O grupo revelou também que, durante os próximos meses, o grupo irá, em conjunto como Executivo da Nigéria e entidades financiadoras, «trabalhar na conclusão do ESIA», assim como «nas necessárias expropriações, na mobilização inicial e na elaboração do projecto, com vista à sua conclusão e à aprovação final do financiamento por parte do governo da Nigéria». O financiamento tem vindo a ser estruturado e negociado pelo Kfw-Ipex Bank, Africa Finance Corporation e pelo Credit Suisse e terá o apoio de diversas ECA (Export Credit Agencies) internacionais.

Garantida a fase de preparação, a Mota-Engil antecipa que os trabalhos de construção da infra-estrutura ferroviária terão uma duração de 32 meses.

Fonte: Lusa e Dinheiro Vivo

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com