motoristas camião

Motoristas de pesados terão este mês actualização salarial de 4,72%, adiantou a FECTRANS

Empresas, TerrestreComentários fechados em Motoristas de pesados terão este mês actualização salarial de 4,72%, adiantou a FECTRANS355
Tempo de Leitura: 2 minutos

De acordo com informações avançadas pelo coordenador da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), José Manuel Oliveira, os motoristas de veículos pesados de mercadorias vão ter, já neste mês de Janeiro, um aumento salarial de 4,72%, que elevará o salário base do sector dos actuais 700 euros para 733 euros. Recorde-se que O CCT do sector do transporte de mercadorias abrande cerca de 50 mil trabalhadores.

Motoristas alvo de actualização equivalente à do salário mínimo

Segundo José Manuel Oliveira, o aumento dos camionistas é o mesmo que o do salário mínimo nacional, tal como está previsto no respectivo Contrato Colectivo de Trabalho (CCT). «Esta actualização salarial é equivalente à do salário mínimo nacional, sem prejuízo de se negociar um aumento melhor, como está previsto no CCT do sector», adiantou José Manuel Oliveira à agência Lusa, após uma reunião, por vídeo-conferência, com a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM).

Segundo reportou esta Terça-feira a Lusa, o líder sindical explicou que a actualização do salário abrange outras matérias pecuniárias que lhe estão indexadas, nomeadamente as diuturnidades, o que faz com que a maioria dos camionistas tenha pelo menos um acréscimo remuneratório que ascende, assim aos 53 euros. Por exemplo, um motorista de pesados de mercadorias que faz percurso internacional e tenha três diuturnidades, passará a ganhar mais 58,25 euros, referiu o coordenador federação de sindicatos.

Mas o subsídio de refeição e as ajudas de custo não estão indexadas ao crescimento do salário mínimo nacional, por isso a FECTRANS pretende que sejam revistas no âmbito da revisão do CCT, cuja discussão vai continuar. «Defendemos um processo de revisão normal do CCT, a ANTRAM disse na reunião que não estava mandatada para isso, mas aguardamos o prosseguimento deste processo», disse o coordenador da FECTRANS.

Fonte: Lusa

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com