MSC

MSC abandona o Irão na sequência da retirada dos EUA do acordo nuclear

Marítimo Comentários fechados em MSC abandona o Irão na sequência da retirada dos EUA do acordo nuclear 313
Tempo de Leitura: 1 minutos

As controversas tomadas de posição do presidente dos EUA, Donald Trump continuam a influenciar o mundo do transporte marítimo internacional: depois da quezília com a China, o braço-de-ferro diplomático com o Irão já provocou macro-alterações no shipping, plasmadas no anúncio da retirada da transportadora MSC de todas as operações de e para o país persa.



MSC é a primeira transportadora a abandonar o Irão

Através de um comunicado, a operadora marítima revelou hoje que, na sequência da decisão de Donald Trump de retirar os EUA do acordo nuclear (assinado em 2015), não aceitará mais reservas para operações no Irão. No entanto, para evitar e prevenir rupturas comerciais e quebras logísticas abruptas, continuará, durante um período transitivo, a assegurar o transporte de determinadas mercadorias.

MSC fará «todos os possíveis» para mitigar disrupções

Recorde-se que a transportadora da família Aponte havia retornado às operações no Irão após a assinatura do acordo, há cerca de três anos; agora, com a decisão da retirada do acordo (e consequentes sanções previstas, dentro de um prazo máximo de nove meses) por parte do presidente dos EUA, a MSC retira-se também de cena, «deixando de fornecer acesso aos serviços de e para o Irão», como se pode ler na missiva.

A operadora marítima afirmou que fará «todos os possíveis» para que a o período de transição seja concluído «com o mínimo grau de disrupção», assim evitando-se «inconvenientes desnecessários».



Author

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com