covid vacina Kuehne+Nagel

Nasce a Skandi Network: a primeira rede global de distribuição no sector ‘Life Science’

Empresas, Logística Comentários fechados em Nasce a Skandi Network: a primeira rede global de distribuição no sector ‘Life Science’ 308
Tempo de Leitura: 3 minutos

Sete empresas especialistas em logística da saúde criaram a aliança Skandi Network: trata-se da primeira rede internacional de distribuição, de temperatura controlada, em conformidade com a norma europeia de Boas Práticas de Distribuição, dedicada a produtos life science.

«Cada vez mais empresas do sector da saúde procuram soluções de transporte internacional qualificado e conceitos multinacionais de distribuição, em linha com as directrizes da norma europeia de Boas Práticas de Distribuição (GDP)», declarou Rudy Smets, director da nova rede recém-fundada.

A Skandi Network, que integra a portuguesa Rangel Logistics Solutions, acrescentou Rudy Smets, «combina as capacidades e a experiência dos principais especialistas europeus no transporte com temperatura controlada, e da distribuição de produtos de life science».

Uma sinergia para criar rede de transporte «segura e económica»

Skandi Network

Para Morten Studsgaard, CEO da BHS Logistics, que também compõe a aliança, a «criação desta rede gera vantagens para clientes, pacientes, remetentes, empresas de transporte e para o meio ambiente». A principal vantagem para os expedidores do sector da saúde é o acesso a uma rede de transporte com temperatura controlada e conforme às Boas Práticas de Distribuição, para envios além-fronteiras, de forma segura e económica». Assim se aumenta a consolidação de envios, fomentando e nivelando igualmente a qualidade. Torna-se mais eficiente em termos de custos e reduz as emissões de CO2.

Outro aspecto diferenciador, em comparação com as redes de transporte existentes, é o foco a 100% da Skandi Network em produtos de life science. Isso inclui a distribuição de produtos farmacêuticos, biomédicos, diagnósticos, dispositivos médicos e vacinas a, praticamente, todos os hospitais, farmácias, grossistas farmacêuticos, unidades de cuidados, médicos, veterinários, laboratórios, pacientes em domicílio, organizações farmacêuticas de serviços de apoio e profissionais das vendas. A maioria destes produtos é sensível à temperatura e necessita de ambientes com temperatura controlada como 2-8 °C, 15-25 °C ou até -25°C. O foco será colocado nos envios de volumes e em remessas de 1 até 5 paletes por envio.

O objectivo da Skandi Network é o de integrar novos membros para conectar 36 países, o mais tardar, até 2025. Na totalidade, os membros da rede têm mais de 4.000 pessoas empregadas, 4.780 veículos com temperatura controlada, 10 plataformas estratégicas de consolidação regional, 165 armazéns com temperatura controlada e transportam 14.750.000 remessas com temperatura controlada, por ano.

Skandi Network focada na sustentabilidade das tecnologias de refrigeração

«Um dos temas estratégicos da Skandi e um dos principais motivos para a sua criação é a sustentabilidade», explicou também Maximilian Schachinger, CEO of Schachinger Pharma Logistik. «Se uma empresa de serviços logísticos actuar sozinha é quase impossível tornar-se parte credível e responsável da solução na transformação sustentável da indústria europeia de life science da vida. Mas actuando em parceria, isso é possível».

vacinasQuanto à sustentabilidade, a Skandi Network tem dois grandes objectivos e duas aclamadas vantagens. «O nosso primeiro objectivo é investigar soluções tecnológicas realistas de combustíveis, veículos e tecnologias de refrigeração sustentáveis». O segundo objectivo, disse Schachinger é «traçar um plano sustentável para o ambiente, alinhando as acções dos parceiros em áreas-chave para reduzir as emissões de CO2 em toda a rede até 2030, em sintonia com o Acordo de Paris, para conseguir o nível de Zero Emissões, o mais tardar, até 2050», detalhou ainda Schachinger.

A colaboração no seio da Skandi, explica a aliança, reduzirá as emissões por envio, devido a dois factos: o primeiro é um nível mais alto de consolidação e de ‘factor gota’ no transporte de longo curso e na last mile por causa da combinação de envios nacionais e internacionais. O segundo é o transporte com temperatura controlada que elimina a necessidade de embalagens com temperatura controlada e embalagens passivas, que aumentam os pesos transportados, os transportes de retorno e/ou geram maiores resíduos e custos.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com