NAV aereo aviao itec

NAV: Tráfego aéreo em Portugal despencou para níveis de 1998 devido às restrições pandémicas

AéreoComentários fechados em NAV: Tráfego aéreo em Portugal despencou para níveis de 1998 devido às restrições pandémicas257
Tempo de Leitura: 2 minutos

A pandemia de COVID-19 devastou o sector aéreo em 2020 – esta certeza é agora ainda mais patente tendo em conta os dados recentemente publicados pela NAV Portugal: o tráfego aéreo gerido pela empresa (que gere o espaço aéreo) despencou para valores que não eram vistos desde o ano de 1998. A NAV Portugal geriu 345,3 mil voos em 2020, abaixo dos 357 mil voos geridos nesse ano, no final do século XX.

Dados da NAV Portugal: Tráfego aéreo nacional recuou 22 anos

«De 1998 para cá, o total de movimentos controlados pela NAV manteve-se em crescimento praticamente constante até ao máximo registado em 2019, quando a NAV controlou 816 mil voos. O valor de 2020 representa assim uma quebra de 58% no tráfego de 2019 para 2020 e um recuo de praticamente 22 anos em termos de total de aeronaves no espaço aéreo sob responsabilidade de Portugal», detalhou a NAV via comunicado.

A descida abrupta em Portugal ultrapassou os 55% de quebra denotada no tráfego de toda a rede Eurocontrol. «Foi uma situação que apanhou todos desprevenidos. Nunca ninguém julgou ser possível que a aviação chegasse à quase total imobilidade», explicou o presidente da NAV, Manuel Teixeira Rolo, citado na mesma nota comunicacional. «Em Março a Organização Mundial da Saúde declarou a Covid-19 como uma pandemia, e diversas ligações aéreas começaram a ser suspensas e a procura a cair», frisou a NAV. Os efeitos «foram imediatos», salientou.

As consequências da pandemia foram sentidas prontamente, e, desde então, os tráfegos não mais foram os mesmos: «Os efeitos no tráfego foram imediatos, com os voos geridos pela NAV a cair para -94% em Abril, -92% em Maio e -88% em Junho em comparação com os mesmos meses de 2019. Ao longo do verão, o tráfego registou ligeiras melhorias, ‘estabilizando’ em níveis equivalentes a -55% em relação ao mesmo período de 2019, mas os últimos meses do ano ficaram marcados por nova deterioração, tendência que se mantém nestes primeiros dias de 2021», pode ler-se na missiva.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com