Navalrocha com intensa actividade em 2020 e carteira volumosa para os próximos meses

Empresas, Marítimo Comentários fechados em Navalrocha com intensa actividade em 2020 e carteira volumosa para os próximos meses 370
Tempo de Leitura: 3 minutos

O estaleiro português Navalrocha navega no conturbado ano de 2020 com invejável bonança: a empresa relatou que tem experienciado uma «enxurrada» de actividade no presente ano, passando o cabo das tormentas que tem sido o surto global de COVID-19 «com sucesso». Os estaleiros preparam-se já para uma atarefada e pujante carteira de encomendas nos próximos meses.

O director comercial da Navalrocha, Sérgio Rodrigues, relatou que o estaleiro da Navalrocha registou vários marcos simbólicos durante um período altamente memorável na história da empresa – entre eles está o seu primeiro trabalho multi-milionário de refit (reaparalheamento) para um navio de pesquisa sísmica antes do processo de instalação do sistema BWTS (Ballast Water Treatment System – Sistema de Tratamento de Água de Lastro).

Navalrocha focada em manter-se «activa e operacional»

Sérgio Rodrigues

Os projectos em destaque, detalha a empresa, foram acompanhados por uma série de outros acordos envolvendo navios-tanque, navios de cruzeiro, rebocadores, catamarãs e escunas de quatro mastros. Outras atracações programadas para os próximos meses incluem três navios porta-contentores, dois navios de cruzeiro, um navio-tanque químico e um navio de pesquisa. Os próximos serão, como comprovam os dados, bastante atarefados. «Nestes tempos extraordinários, a Navalrocha continua activa e operacional», comentou Sérgio Rodrigues.

«Estamos a navegar com cautela pela pandemia para garantir que o nosso estaleiro permanece seguro, saudável e aberto para negócios, a fim de fornecer aos nossos clientes soluções de reparo de navio rápidas, confiáveis ​​e eficientes. Após vários projectos marcantes no primeiro semestre de 2020, estamos agora a olhar para o futuro com optimismo, com uma carteira de encomendas movimentada para o terceiro e quarto trimestres», revelou. «Embora estes sejam tempos incertos, as nossas perspectivas permanecem firmemente fixas em permanecer no activo e impulsionar o crescimento nos principais mercados», reforçou o director comercial da Navalrocha, via comunicado, ao qual acedemos.

Carteira de encomendas promete futuro atarefado

O horizonte próximo traz novos desafios à empresa, mantendo a sua actividade a níveis elevados: uma boa notícia em tempos de contracção. «A nossa carteira de pedidos para o segundo semestre de 2020 envolve um fluxo constante de projectos, incluindo três instalações BWTS de alto perfil, à medida que consolidamos a nossa posição de especialista nessa área», declarou Sérgio Rodrigues, adiantando que o estaleiro tem gozado de «um significativo sucesso» nos mercados em crescimento, como o dos rebocadores e dos navios de pesquisa.

 «O nosso estaleiro está cada vez mais bem preparado para prestar serviços aos mercados de GLP, transportadores de produtos e de GNL de pequena escala, devido à sua proximidade com os principais portos portugueses, incluindo Sines, Leixões e Aveiro», explicou, aludindo também às «taxas competitivas, tempos rápidos de resposta, confiabilidade e histórico» como trunfos que colocam o estaleiro «em forte posição para capitalizar neste mercado em expansão». O segmento de cruzeiros off-season, salientou, oferece também «grandes oportunidades», juntamente com o mercado de transportadoras de gado, no qual a Navalrocha construiu «um extenso histórico», vincou o responsável.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com