NGVA e GASNAM saúdam Directiva: «Gás renovável é aliado para a descarbonização do transporte»

Terrestre, Veículos Comentários fechados em NGVA e GASNAM saúdam Directiva: «Gás renovável é aliado para a descarbonização do transporte» 264
Tempo de Leitura: 2 minutos

A NGVA Europe e a GASNAM saudaram a adopção, por parte do Parlamento Europeu, da reforma da Directiva relativa aos veículos não poluentes, que, segundo as duas entidades, «incentivará o mercado de veículos com emissões zero e baixas».

Recorde-se que esta revisão fixa metas mínimas para a aquisição de veículos ligeiros, camiões e autocarros limpos até 2025 e 2030. Os objectivos são expressos em percentuais mínimos de veículos limpos no número total de veículos de transporte rodoviário das frotas públicas.

A Directiva relativa à Infraestrutura de Combustíveis Alternativos define que até 2030, até 65% dos novos autocarros públicos terão de ser tecnologias limpas. Metade desses veículos devem ter baixas emissões, como veículos movidos a gás natural e os restantes, emissões zero.

Tal permite, frisam a NGVA Europe e a GASNAM, «que os Estados-Membros com PIB mais baixo posam fazer parte desta transição energética a curto prazo, devido ao custo competitivo da aquisição destes veículos e do combustível», pode ler-se no comunicado conjunto.

Andrea Gerini: «Benefícios do gás natural foram reconhecidos»

«Durante as negociações, os benefícios do uso de gás natural como combustível de transporte para atingir os objectivos locais de qualidade do ar foram reconhecidos», disse Andrea Gerini, secretário-geral da NGVA Europe. «Isso deve incentivar as cidades e os municípios a incluir o gás natural como uma solução económica para renovar suas frotas. Os veículos movidos a gás natural contribuem para melhorar a qualidade do ar nas cidades, especialmente reduzindo NO2 e PM. Além disso, o gás renovável é um aliado para a descarbonização do transporte».

Na sequência deste desenvolvimento, a NGVA Europe pede agora que os Estados-Membros sejam capazes de avaliar e coordenar «as sinergias desta decisão com as políticas existentes», enfatizando que «os planos nacionais são fundamentais para garantir que os novos objectivos sejam alcançados e para acelerar o objectivo de descarbonização, misturando gás natural com gás renovável».

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com