yara birkeland 6 metros

► Governo norueguês aprova investimento no primeiro porta-contentores autónomo Yara Birkeland

Marítimo, Videos Sem comentários em ► Governo norueguês aprova investimento no primeiro porta-contentores autónomo Yara Birkeland 289

A empresa estatal norueguesa Enova viu concedida a aprovação do Executivo para que sejam investidos cerca de 17 milhões de euros na construção daquele que se projecta ser o primeiro navio porta-contentores autónomo e eléctrico de sempre: o Yara Birkeland. Através da empresa tecnológica Enova, o Governo canalizará as verbas para auxiliar o desenvolvimento do projecto, actualmente a cargo da centenária norueguesa Yara International.

«É importante, para o sector privado, ver que existe o apoio do Governo quando se desenvolvem novas tecnologias e inovações ambiciosas. Isso permite-nos maior atrevimento e a exploração do desconhecido. A construção do Yara Birkeland é um excelente exemplo de uma parceria público-privada em acção», comentou o CEO da Yara International, Svein Tore Holsether, na sequência da divulgação do investimento estatal.

Investimento será efectuado através da empresa estatal Enova

O investimento do Executivo será feito através da empresa Enova, uma companhia estatal que se encarrega de promover a pesquisa, o desenvolvimento e a produção de novos paradigmas operacionais (não apenas na área do Transporte e da Logística) sustentáveis e amigos do ambiente, explorando fontes energéticas alternativas e fomentando acções pedagógicas que consciencializem o mundo empresarial para a urgência de uma nova abordagem sustentável que permita um futuro menos poluidor.

Recorde-se que, no passado mês de Maio, a empresa Yara International anunciou uma parceria com a companhia tecnológica Konsberg com vista à construção do primeiro navio porta-contentores capaz de emitir zero emissões de CO2; «O interesse nos navios autónomos é elevado, mas ao mesmo tempo existe muito cepticismo e dúvidas quanto à segurança. A contribuição essencial deste projecto é demonstrar que o transporte marítimo eléctrico e autónomo é exequível e trará os resultados que desejamos», comentou Nils Kristian Nakstad, CEO da Enova.

Entretanto, foi já criado um primeiro modelo de testes de 6 metros de comprimento.

Veja o vídeo abaixo:

Related Articles

Leave a comment

Back to Top

Powered by MAEIL
error: Este conteúdo está protegido!