Ministro das Infra-estruturass

Novo aeroporto no Montijo é «crítico» para o desenvolvimento do país, defende ministro

Aéreo Comentários fechados em Novo aeroporto no Montijo é «crítico» para o desenvolvimento do país, defende ministro 267
Tempo de Leitura: 2 minutos

Na passada Segunda-feira, o Ministro das Infra-estruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos declarou que o novo aeroporto de Lisboa no Montijo é um projecto «crítico» para Portugal, considerando que não se tem o «direito de continuar a adiar o desenvolvimento do país».

Novo aeroporto: investimento aeroportuário é «determinante»

adfersitO governante vincou que o actual aeroporto de Lisboa não tem capacidade para receber todos os voos e que a localização da nova infra-estrutura no Montijo é a solução – uma mensagem que ainda tem muitas vozes contrárias. «Para um país periférico como Portugal o investimento aeroportuário, o novo aeroporto na região de Lisboa, é determinante, é crítico para que o nosso povo possa viver melhor», afirmou, durante uma audição conjunta nas comissões parlamentares de Orçamento e Finanças e de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, no âmbito da apreciação na especialidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020).

«Não temos o direito de continuar a adiar o desenvolvimento do país», afirmou o governante. «Todos os investimentos em infra-estruturas têm impacto ambiental, que não haja ilusão nenhuma sobre isso», reiterou, frisando ser essencial «garantir um equilíbrio» entre a preservação do ambiente e qualidade de vida, mas permitindo que o país continue a desenvolver-se, sublinhou o ministro, na sua intervenção inaugural.

Perdem-se «dezenas de milhões de euros» devido ao esgotamento de Lisboa

«Estamos já neste momento a perder dezenas de milhões de euros, centenas todos os dias, porque o aeroporto de Lisboa não pode receber a quantidade de voos que procuram todos os dias» aquela infra-estrutura: «são menos receitas, são menos empregos, perde o povo português», salientou. «Não temos tempo e direito para continuar a estudar» outras localizações, reforçou.

Recorde-se que a 8 de Janeiro de 2019, a concessionária ANA e o Estado assinaram o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, com um investimento de 1,15 mil milhões de euros até 2028 para aumentar o aeroporto Humberto Delgado e transformar a base aérea do Montijo num novo aeroporto.

Com Lusa e DN

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com