Com os limites de NOx à porta, sector teme o pior: «Vamos todos rebentar», admite CEO da MOL

Marítimo Comentários fechados em Com os limites de NOx à porta, sector teme o pior: «Vamos todos rebentar», admite CEO da MOL 378
Tempo de Leitura: 2 minutos

A menos de 18 meses da entrada em vigor dos novos limites de enxofre no sector do transporte marítimo internacional, gizados pela IMO, a inquietação e a preocupação começam a tomar conta das operadoras marítimas – que o diga Junichiro Ikeda, CEO da Mitsui O.S.K. Lines (MOL). Para o administrador, o custo adicional que representa a futura alteração de paradigma energético no sector conduzirá as empresas ao abismo.

«Vamos todos rebentar», declarou Junichiro Ikeda, CEO da MOL

As novas regulamentações aplicadas a partir de 1 de Janeiro de 2020 implicarão custos adicionais de cerca de 50 mil milhões de dólares para as transportadoras marítimas – para o CEO da MOL, a situação será catastrófica: «Vamos todos rebentar», afirmou, na semana passada, em declarações ao jornal ‘Financial Times’. Para Ikeda, é improvável que as transportadoras consigam recuperar, dos carregadores, um montante capaz de mitigar o impacto do custo extra de 300 dólares por tonelada de óleo combustível com baixo teor de enxofre.

A preocupação parece fazer todo o sentido, já que tem sido bem patente, ao longo dos tempos, a dificuldade das transportadoras em reflectir os custos adicionais de combustível na factura dos carregadores – como tão bem demonstram os primeiros meses de 2018, nos quais os prejuízos devido ao aumento dos preços do petróleo têm sido bem visíveis. Uma outra opção para lidar com o respeito das novas regras será a aposta em scrubbers (depuradores), que eliminam os óxidos de enxofre prejudiciais dos gases de exaustão de caldeiras e motores dos navios.

MSC faz aposta convicta nos scrubbers

Tida apenas como uma opção de curto ou médio prazo pela generalidade das transportadoras, a instalação de scrubbers nos navios não deixa de ser dispendiosa mas recebeu, por parte da MSC, um apoio importante: a companhia da família Aponte encomendou novos porta-contentores de 23 mil TEU equipados com scrubbers, anunciando igualmente um plano destinado a equipar vários navios da frota com esta tecnologia.

Author

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com