‘O Trabalho nos Portos’ contou com presenças de Ministra do Mar e Secretário-Geral da UGT

Marítimo Comentários fechados em ‘O Trabalho nos Portos’ contou com presenças de Ministra do Mar e Secretário-Geral da UGT 298
Tempo de Leitura: 3 minutos

No passado dia 13 de Abril realizou-se, no Auditório Almada Negreiros – APL, na Rocha Conde de Óbidos, em Lisboa, o Fórum ‘O Trabalho nos Portos – Presente e Futuro’, organizado pela Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores Portuários (FNSTP). O evento contou com a presença da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e de Carlos Silva, Secretário-Geral da UGT.

O fórum, que contou com mais de uma centena de espectadores, não poderia ter contado com temas mais actuais: as condições do trabalho portuário e os novos desafios económicos na Europa. Para dar corpo ao evento foram convidados João Carvalho (presidente da AMT) e Enrico Tortolano, (da ITF), ambos a cargo da abertura do fórum.

Seguiu-se, depois, o painel intitulado ‘Importância do Sindicatos nas Relações de Trabalho’, com Sérgio Monte, secretário-geral adjunto da UGT, João de Deus, membro da Confederação dos Sindicatos Marítimos e Portuários e também Silvestre de Sousa, consultor jurídico da FNSTP.

Mais tarde, discutiu-se o tema ‘Trabalho Portuário – a Realidade Ibérica’, com Rui Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Terminais Portuários de Aveiro, Paulo Freitas, vice-presidente do Sindicato XXI dos Trabalhadores dos Terminais de Carga Contentorizada de Sines, Álvaro Pereira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Portuários de Sines, Javier Expósito Paradela, ex-presidente da ANESCO-Associação Nacional de Empresas de Estiva,Espanha e Pedro García Navarro, secretário-geral da ANESCO.

Depois do almoço, debateu-se o ‘Regime de Trabalho nos Portos Nacionais’, com a participação de Lídia Sequeira, presidente da APP – Associação dos Portos de Portugal, Américo Vieira, Sindicato dos Estivadores de Leixões e Jaime Vieira dos Santos, presidente da Comunidade Portuária de Leixões.

A sessão não esqueceu um dos dossiers mais quentes do Shipping global: ‘O Futuro do Trabalho Portuário Nacional e o Advento da Automatização e Digitalização no Sector’, tema que foi explorado pelo Comandante Anselmo Laranjeira e que suscitou várias reacções de interesse e debate.

Ministra do Mar realçou importância da iniciativa do FNSTP

O término da sessão contou com o discurso de Ana Paula Vitorino – a ministra teve a companhia do Secretário-Geral da UGT, Carlos Silva – que ressalvou a importância da iniciativa do sindicato, lembrando ter sido a primeira vez desde que foi secretária de Estado do Mar e, agora, ministra da mesma pasta, que foi convidada para uma cerimónia deste género por uma entidade sindical.

«Esta foi uma prova de que a federação, presidida por Aristides Peixoto é um interlocutor respeitado para o diálogo sobre o futuro da profissão dos trabalhadores das actividades portuárias numa altura onde tanto ainda está para decidir sobre o futuro da profissão», realçou a FNSTP.

FNSTP tem «vontade e empenho em defender os trabalhadores do sector portuário»

«Com a realização deste Fórum, a FNSTP mostra que tem projectos, vontade e empenho em defender os trabalhadores do sector portuário e que pode dialogar com em defesa dos direitos dos seus associados, sendo que ficou claro que, no futuro, a greve é sempre a última solução», comunicou também a entidade organizadora do evento.

 

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com