Ocean Campus mais perto: APL firma contratos com fundações Gulbenkian e Champalimaud

Marítimo Comentários fechados em Ocean Campus mais perto: APL firma contratos com fundações Gulbenkian e Champalimaud 432
Tempo de Leitura: 2 minutos

A concretização do Ocean Campus ganha terreno: na passada Sexta-feira (dia 17), a APL – Administração do Porto de Lisboa firmou dois contratos de concessão com a Fundação Calouste Gulbenkian e com a Fundação Champalimaud.

Os dois contratos de concessão materializam um investimento inaugural que rondará os 70 milhões de euros, tendo sido firmados por José Castel-Branco e Ricardo Medeiros, Vogais do Conselho de Administração da APL, Leonor Beleza e João Silveira Botelho, Presidente e vice Presidente do Conselho de Administração da Fundação Champalimaud, e por Isabel Mota e José Neves Adelino, Presidente e Membro do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian. A cerimónia foi presidida pelo Ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos.

Durante a cerimónia foi enfatizada o meta estratégica do Ocean Campus, virada para a criação de um espaço de excelência no âmbito internacional no que concerne ao conhecimento científico associado ao desenvolvimento no domínio da Inteligência Artificial, às Ciências Marítimas e Marinhas e à Economia Azul, potenciando um cluster de desenvolvimento associado ao mar, através de uma rede de unidades de investigação, ensino e desenvolvimento tecnológico, cujo objectivo principal é gerar inovação e investigação altamente qualificada e disruptiva.

Ocean Campus: um inovador ecossistema nos mares da Economia Azul

A-ETPL porto de lisboa aoplO projecto Ocean Campus visa gerar um ecossistema de inovação imbuído de um espírito de empreendedorismo, que alia, na área de jurisdição do Porto de Lisboa, um Cluster de actividades relacionadas com a economia azul e com o mar assente nos pilares do Conhecimento, Economia, Investigação e Vida, um espaço aberto a todos os cidadãos que privilegiará soluções ambientalmente sustentáveis e de mobilidade suave.

O espaço da concessão da Fundação Champalimaud destina-se à criação de um centro avançado para o desenvolvimento de Inteligência Artificial, juntamente com uma Incubadora Científica, que inclui uma central de computação e armazenamento de dados, laboratórios, instalações para desenvolvimento de hardware, espaços para cursos de formação, áreas para startups e zonas para parcerias comerciais, de serviços ou industriais.

Já o espaço da concessão da Fundação Gulbenkian vai realocar algumas actividades do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), criando um Centro de investigação dos efeitos das alterações ambientais na Saúde Humana e nos Ecossistemas. O novo espaço permitirá criar um novo pólo científico de investigação focado na forma como os seres humanos estão a ser afectados pelas alterações no meio ambiente em permanente mudança.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com