AGEPOR Navio Cima Contentores

Operadoras semearam ventos…agora colhem a tempestade do excesso de capacidade, diz a Alphaliner

Marítimo Comentários fechados em Operadoras semearam ventos…agora colhem a tempestade do excesso de capacidade, diz a Alphaliner 486
Tempo de Leitura: 2 minutos

As águas do Shipping internacional voltaram a agitar-se e a culpa é da falta de disciplina das transportadoras marítimas, demonstrada nos últimos 12 meses: esta é a conclusão liminar da Alphaliner.



«Os resultados decepcionantes e as quedas dos ganhos, anunciados por várias operadoras até o momento, podem ser directamente atribuídos à incapacidade das linhas de transporte de manterem a capacidade sob controlo durante os últimos doze meses», apontou a Alphaliner.

Operadoras sem disciplina criam novo cenário de desequilíbrio, analisa a Alphaliner

«As sementes para o actual fraco mercado de contentores de carga foram semeadas no segundo semestre de 2017, quando as transportadoras não conseguiram conter a expansão da sua oferta de capacidade. Apesar dos sinais claros de excesso de oferta no mercado, notados desde desde Julho de 2017, as transportadoras não conseguiram agir, removendo o excesso de capacidade», argumentou a analista.

Os sinais têm sido claros e a cronologia gizada pela Alphaliner não poderia ser mais óbvia: a frota activa cresceu 9,0% no quarto trimestre de 2017, e cresceu mais 10,7% no primeiro trimestre de 2018, não tendo parado por aí: voltou a subir, 8,2% no segundo trimestre. Correspondentemente, as taxas médias de frete caíram 15%, de 877 em Julho de 2017 para 743 em Maio de 2018, enquanto os preços do bunkering subiram 40% no mesmo período.

Este quadro resultou num cenário incomum: na época baixa, nota a Alphaliner, nem um único serviço Leste-Oeste foi removido do portefólio geral das rotas marítimas comerciais, ao passo que, no primeiro semestre deste ano,  as transportadoras retomaram sua expansão agressiva com a introdução de novas capacidades de embarcações nas rotas Leste-Oeste, injectando nova capacidade em rotas como a do Extremo Oriente-Costa Oeste da América do Sul.

Excesso de capacidade e custos do bunkering: receita para o fracasso contabilístico

«Os resultados deste comportamento foram claramente negativos para as operadoras, que culpam a pressão do lado da oferta pelos seus maus resultados no primeiro semestre», afirmou a Alphaliner. Para piorar, a actual situação de excesso de oferta fez com que as transportadoras não conseguissem recuperar, aos carregadores, os aumentos dos preços do bunkering. Esta situação agravou os resultados, acrescentou a analista.



Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com