Porto de Tillbury

Pandemia interrompeu 64% dos projectos de construção portuário no Reino Unido

Marítimo Comentários fechados em Pandemia interrompeu 64% dos projectos de construção portuário no Reino Unido 252
Tempo de Leitura: 2 minutos

A pandemia do COVID-19, que agora se encontra em recessão no continente europeu, interrompeu cerca de 64% dos projectos de construção portuária no Reino Unido, de acordo com um relatório publicado pela British Ports Association (BPA) e Port Centric Logistics Partners (PCLP).

Em comunicado conjunto, as duas entidades revelaram que apenas 13% de todos projectos de construção portuária no Reino Unido não sofreram qualquer impacto da pandemia; 15% dos projectos vêm progredindo «mas a um ritmo lento» e cerca de 8% foram mesmo cancelados. As entidades reflectiram a sua preocupação para com os efeitos cumulativos e duradouros da pandemia no sistema portuário britânico.

Pandemia e confinamento conduzem Reino Unido a recessão de grandes proporções

A economia do Reino Unido encolheu cerca de 2% no primeiro trimestre, a maior queda desde o famoso crash de 2008 em primeiros trimestres, e «as perspectivas económicas gerais para todas as indústrias do Reino Unido parecem sombrias», alertaram as duas entidades. A recuperação dos portos nesta fase de pós-COVID-19 será prejudicada por «medidas contínuas de controlo de saúde destinadas a limitar picos futuros», explicaram as partes.

No entanto, a British Ports Association e a Port Centric Logistics Partners acrescentaram que alguns sectores estão agora a começar uma fase de recuperação, à medida que as medidas de confinamento e protecção são levantadas e que, nesta dura etapa de reboot económico, os portos serão uma parte importante da revitalização económica do Reino Unido, pois actuarão como pólos de emprego e de investimento regional. Uma visão entretanto também partilhada pela Secretária Geral da ESPO, Isabelle Ryckbost, tal como a Revista Cargo noticiou recentemente.

«Este foi um começo difícil de ano para muitos sectores da economia e estamos ansiosos para saber de que modo irão, o governo e a indústria em geral, iniciar esta recuperação», comentou, expectante, Richard Ballantyne, CEO da British Ports Association.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com