Pedro Nuno Santos planeamento

Pedro Nuno Santos aludiu a «dia histórico para a ferrovia nacional»

Terrestre Comentários fechados em Pedro Nuno Santos aludiu a «dia histórico para a ferrovia nacional» 288
Tempo de Leitura: 2 minutos

Para o Ministro das Infra-estruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, o dia 15 de Julho é um «dia histórico para a ferrovia» portuguesa: o Governo deu luz verde para a compra de 117 novas automotoras eléctricas que reforçarão a frota da CP. O investimento atinge os 819 milhões de euros.

«Todos os países europeus estão a investir na infra-estrutura ferroviária»

IP linha do norte Infra-estrutura ferroviária«Todos os países europeus estão a investir na infra-estrutura ferroviária e no material circulante e queremos que Portugal possa participar neste importante sector económico», vincou Pedro Nuno Santos, ao anunciar, esta Quinta-feira, o investimento na transportadora ferroviária CP. São 177 novos comboios que se enquadram numa aposta na electromobilidade para reforçar o serviço da operadora ferroviária no país. Até 2029, todos estarão no activo.

Na sequência da aprovação obtida em Conselho de Ministros, Pedro Nuno Santos disse que o dia 15 de Julho fica marcado na história da ferrovia portuguesa, abordando também a timeline do programa Ferrovia 2020. «Estamos a executar com o Ferrovia 2020, que terá se ser finalizado até 2023, mas queremos começar a preparar o próximo ciclo de investimentos», salientou o governante, explicando que os ministérios das Finanças e da Infra-estrutura e Habitação assinaram um despacho conjunto que permite à Infraestruturas de Portugal (IP) lançar todos os procedimentos concursais necessários para a elaboração dos estudos para a concretização do próximo ciclo ferroviário, adiantou o ministro.

Pedro Nuno Santos realça meta de «substituir material obsoleto»

Tal como a Revista Cargo aqui noticiou, os comboios serão alocados às zonas urbanas e ao serviço regional; o governante detalhou que se soma a estas composição a calendarização do financiamento da compra de adicionais 22 comboios já previstos e adjudicados à Stadler. A meta do concurso é «substituir material obsoleto e dar resposta à procura presente que já coloca uma grande pressão da procura», explicou Pedro Nuno Santos.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com