Pedro Nuno Santos Portugal

Pedro Nuno Santos sobre a ferrovia portuguesa: «Estamos a revolucionar o sector»

Empresas, Terrestre Comentários fechados em Pedro Nuno Santos sobre a ferrovia portuguesa: «Estamos a revolucionar o sector» 355
Tempo de Leitura: 2 minutos

No passado dia 19 de Novembro, Pedro Nuno Santos, que tutela a pasta das Infra-estruturas do Governo português, marcou presença no evento de assinatura do contrato entre a operadora ferroviária Medway e as empresas Stadler e Tatravagonka, para a aquisição de 16 locomotivas eléctricas e 113 vagões. O ministro frisou que o investimento (neste caso, privado) permite continuar a «revolucionar o sector».

Pedro Nuno Santos: «A ferrovia é uma prioridade para este Governo»

«Este é mais um exemplo, neste caso privado, do grande investimento que se está a fazer na ferrovia», reagiu Pedro Nuno Santos, no rescaldo da assinatura do contrato entre a operadora ferroviária de cargas Medway e as empresas Stadler e Tatravagonka, que será materializado por via de um investimento de cerca de 93 milhões de euros. «A ferrovia é uma prioridade para este Governo e estamos a revolucionar o sector. Isso não pode ser desmentido», escreveu o Ministro das Infra-estruturas e da Habitação, através de uma publicação nas redes sociais.

«O investimento na Infra-estrutura é fundamental, mas precisamos de ter material circulante. A Medway dá aqui um passo importante e a CP lançará também em poucas semanas o concurso para os 117 comboios. Será o maior compra da história do país», prosseguiu Pedro Nuno Santos, lembrando que a meta de terminar o programa ‘Ferrovia 2020’, será alcançada pelo Governo português no ano de 2023, «como previsto».

Locomotiva MedwayTal como a Revista Cargo avançou, as locomotivas, que deverão ser entregues entre o final de 2023 e o primeiro semestre de 2024, serão eléctricas bi-tensão, de última geração a nível de eficiência e com a maior capacidade de tracção existente no mercado. Serão locomotivas interoperáveis, capazes de circular em toda a rede ferroviária electrificada lusa e espanhola e preparadas para poderem circular em bitola UIC no futuro.

Para a construção dos novos vagões para a Medway, a Tatravagonka vai introduzir novas instalações de produção na parte ocidental da Eslováquia, contando com novos pavilhões, uma equipa reforçada e tecnologia de ponta. «É uma honra para nós entrar, pela primeira vez, em território português e converter a amizade com uma Empresa que conhecemos há muito tempo numa parceria comercial. O futuro é do desenvolvimento sustentável e o sector ferroviário é a ferramenta certa para alcançá-lo, por isso, é com enorme satisfação que damos mais um passo nessa conquista de braço dado com a Medway», comentou Branislav Toporcer, da Director de Vendas da empresa Tatravagonka.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com