luis simões easy picker

Pedro Ventura (Luís Simões): «Integrámos novas capacidades digitais nas nossas operações»

Empresas, Logística Comentários fechados em Pedro Ventura (Luís Simões): «Integrámos novas capacidades digitais nas nossas operações» 254
Tempo de Leitura: 2 minutos

Pedro Ventura abordou, recentemente, o processo de evolução e digitalização da Luís Simões – a operadora logística tem vincado a sua aposta no progresso digital enquanto trunfo de eficiência operacional, e, citado por um comunicado, o Director de Processos e Compliance da empresa explicou que a pandemia de COVID-19 veio acelerar todo o processo de digitalização «que deve acontecer a partir de dentro e de forma continuada».

«Na Luís Simões acreditamos que a digitalização deve acontecer a partir de dentro e de forma continuada, concebendo e adoptando internamente uma cultura digital capaz de transformar a empresa, para que esta consiga alcançar resultados globais e fazer evoluir os objectivos estabelecidos pela estratégia definida», explicou Pedro Ventura, citado por um recente comunicado da Luís Simões ao qual a Revista Cargo teve acesso.

«Os anos 2020 e 2021, marcados pela pandemia e pela adopção massiva e continuada do teletrabalho, criaram o cenário ideal para reforçarmos a nossa digitalização», ressalvou o Director de Processos e Compliance da Luís Simões. «Integrámos novas capacidades digitais nas nossas operações, no serviço ao cliente e também nos processos internos», rematou. A empresa vincou que as chamadas telefónicas, o recurso constante ao papel «e outros métodos analógicos» são «coisas do passado». Uma das grandes prioridades da empresa tem sido a automatização de processos.

Nos dias que correm, os operadores logísticos tradicionais enfrentam vários desafios como a sub-utilização de activos, processos manuais ineficientes e interfaces de clientes antiquadas, que fazem aumentar os tempos de resposta. Em sentido contrário, e como vinca a Luís Simões em comunicado, «a logística digital garante a optimização, a visibilidade e a colaboração entre todos os elos da cadeia de abastecimento».

Para alcançar estes objectivos, a Luís Simões revelou ter elegido um conjunto de processos com potencial e uma equipa de gestores que tem liderado diversos projectos, tanto em entidades externas (fornecedores e clientes) como em departamentos internos. Entre eles, destacam-se as caixas de correio centralizadas para gerir pedidos externos, as guias de remessa digitais e também o chamado e-CMR.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com