Porto de Leixões Matosinhos

Plano de recuperação de Costa e Silva sugere «investir nos portos de Sines e de Leixões»

Marítimo, Terrestre Comentários fechados em Plano de recuperação de Costa e Silva sugere «investir nos portos de Sines e de Leixões» 615
Tempo de Leitura: 2 minutos

O jornal ‘Eco‘ adiantou ter tido acesso ao plano de recuperação da economia desenhado por António Costa Silva, homem escolhido por António Costa para gizar a estratégia de revitalização da economia portuguesa. O programa defende a aposta na ferrovia e na capacidade portuária do país, com enfoque especial para os portos de Sines (líder da movimentação em termos nacionais) e de Leixões.

Plano de recuperação mira aposta na ferrovia e na capacidade portuária

As medidas, explica a publicação, estão patentes na ‘Proposta para a Visão estratégica para o Plano de Recuperação Económica e Social de Portugal 2020-2030’ que António Costa Silva apresentou esta Quinta-feira (dia 9 de Julho) aos membros do Governo, em sede de Conselho de Ministros.

Dia do Porto de SinesO grande foco vai para o capítulo das infra-estruturas de transportes, com enfoque total para os sectores ferroviário e portuário. No cômputo ferroviário, Costa Silva faz a apologia da concretização do Plano Ferroviário com a conclusão dos projectos em curso e dá prioridade a modernização da rede, já que «uma rede ferroviária eléctrica nacional é mais competitiva, mais limpa e está em sintonia com os esforços de descarbonização da economia», cita o ‘Eco’.  São realçados dois projectos em curso: a construção do eixo Sines-Madrid e a renovação da Linha da Beira Alta.

No contexto marítimo-portuário, o plano sugere é muito claro ao apontar o caminho do progresso: «investir nos portos de Sines e de Leixões para aumentar ainda mais a sua competitividade em termos de instalações e equipamentos para receber grandes navios», cita a publicação. O documento releva o porto alentejano, sugerindo a edificação de um terminal portuário de minérios para exportação dos recursos minerais estratégicos, em particular o lítio e, caso se decida desenvolver a Zona Económica Exclusiva (ZEE), o níquel, o cobalto, o manganês e os sulfuretos polimetálicos.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com