Plataforma Logística de Badajoz é «prioritária», afirma ministra Begoña García

Logística, Terrestre Comentários fechados em Plataforma Logística de Badajoz é «prioritária», afirma ministra Begoña García 392
Tempo de Leitura: 1 minutos

A Plataforma Logística do Sudoeste Europeu de Badajoz deverá estar operacional dentro de dois anos, anunciou Begoña García, ministra do Meio Ambiente e Rural, Políticas Agrárias e Território. Em declarações aos meios de informação espanhóis, a ministra, que hoje visitou as obras (iniciadas em Fevereiro), revelou que a Junta da Extremadura investirá cerca de 45 milhões de euros para assegurar a inauguração do projecto logístico nesse limite temporal; as ligações ferroviárias à plataforma também estarão operacionais em 2019.

«Objectivo prioritário e irrenunciável», adjectiva a ministra

Para Begoña García, a infra-estrutura logística trata-se de «um objectivo prioritário e irrenunciável da Junta da Extremadura». A primeira fase dos trabalhos relativos à edificação da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu estará concluída em Maio de 2018 (cobrindo uma área de 60 hectares) e significará um investimento de 13,5 milhões de euros. Antes de concluída a primeira fase, será dada luz verde para que as obras relativas à segunda e terceira fase arranquem, garantiu a ministra espanhola – o investimento aqui será de 20 milhões de euros, num projecto que cobrirá 72 hectares.

Refere também a imprensa espanhola que a administração regional da Extremadura encontra-se actualmente em negociações avançadas com a companhia estatal Adif (Administrador de Infra-estruturas Ferroviárias) para a execução do projecto e das respectivas obras referentes ao terminal ferroviário intermodal de mercadorias – esta empreitada custará perto de 11 milhões de euros e os trabalhos deverão demorar cerca de 24 meses.

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com