Platooning logístico: MAN e DB Schenker testam, na Alemanha, primeiro comboio de camiões ligados em rede

Logística, Terrestre Comentários fechados em Platooning logístico: MAN e DB Schenker testam, na Alemanha, primeiro comboio de camiões ligados em rede 448
Tempo de Leitura: 4 minutos

O platooning segue a toda a velocidade na Europa – um conjunto de camiões partiu do centro logístico da DB Schenker, perto de Munique, em direcção a Nuremberga através da auto-estrada A9, via eleita para a condução dos testes práticos. Este tornou-se, assim, o primeiro comboio de camiões ligados em rede para utilização prática na Alemanha: um projecto-piloto que conta com um financiamento de 2 milhões de euros por parte do Governo Federal germânico.



Platooning em voga: «projecto visionário» é tiro de partida «do futuro dos transportes de mercadorias automatizado e em rede»

«Este é um projecto visionário de investigação para a nossa via de testes digitais, a auto-estrada A9. O projecto marca o início do futuro dos transportes de mercadorias automatizado e ligados em rede. Trazemos a tecnologia de amanhã às estrada de hoje, para testar a inteligente interacção entre homem, máquina e material», comentou Andreas Scheuer, Ministro Federal dos Transportes.

A fase de testes dos camiões interligados em rede arrancou a 25 de Junho, ao longo de um percurso de 145 km, e, em meados de Agosto, iniciar-se-ão os testes com diversos tipos de carga – os camiões efectuarão, diariamente, três viagens logísticas de rotina, transportando peças de máquinas, bebidas ou papel. «Esta primeira utilização de comboios de camiões na Alemanha vai definir novos padrões para o mercado logístico, que vão beneficiar sobretudos os nossos clientes», indicou Alexander Doll, Membro do Conselho da DB para Transportes e Logística.

Durante os testes práticos «nunca antes vistos», assinalada a MAN Truck & Bus, a tecnologia de platooning para a logística «será optimizada», quer ao nível dos sistemas de segurança, consumo energético e até da utilização inteligente do espaço na estrada.

DB Schenker chama a si «papel pioneiro» na área da condução autónoma

«Com este projecto, a DB Schenker revela o que será realmente importante para as empresas em tudo o mundo, no futuro: inovações avançadas criadas através de parcerias», acrescentou o representante da DB Schenker, empresa que, em sinergia com a MAN Truck & Bus e a Universidade Frenesius, levam a cabo «um trabalho pioneiro» no que ao platooning diz respeito.

«Estamos mais uma vez a levar uma nova tecnologia para a estrada. Com o projecto de platooning, estamos a destacar ainda mais o nosso papel pioneiro no campo da condução autónoma e ligada em rede», afirmou Sabina Jeschke, Membro do Conselho da DB para Digitalização e Tecnologia, confirmando que este passo integra o objectivo de expansão do modelo de negócio digital da companhia.

A cooperação empresarial entre a MAN Truck & Bus e a DB Schenker, já analisada oportunamente pela Revista Cargo ainda em 2017, desenvolve-se no sentido do fomento e aprofundamento da condução autónoma: Não é apenas a utilização de uma tecnologia. Trata-se de integrá-la efectivamente em toda a cadeia logística. As descobertas que fizemos no projecto são passos importantes para a futura aplicação em série. Isto irá tornar a MAN pioneira na automatização e digitalização de veículos comerciais», indicou Joachim Drees, CEO da MAN Truck & Bus AG.

Factor humano continua a ser a «principal prioridade», assegura a MAN Truck & Bus

Mas o progresso da automação não implica, garante a MAN, que o factor humano seja colocado de parte – muito pelo contrário. Assegurando que «as pessoas continuam a ser a principal prioridade», a companhia explica, através de um comunicado ao qual tivemos acesso, que «os motoristas têm vindo a ser preparados para o projecto através de formação intensiva». Assim, encontra-se em andamento estudos dos efeitos psicossociais e neurofisiológicos da nova tecnologia nos motoristas do comboio de camiões, levados a cabo pela Universidade Fresenius.

O objectivo será o de permitir que «importantes experiências dos motoristas sejam incorporadas, e o seu perfil profissional será desenvolvido», clarifica a MAN Truck & Bus. «Esperamos que as nossas descobertas possam contribuir para uma melhor compreensão e criação de outros interfaces digitais entre humanos e máquinas», afirmou, Dr. Christian Haas, Director do Instituto para Investigação Complexa de Saúde na Universidade Fresenius, ao abordar a digitalização da mobilidade e as novas exigências formativas.



Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com