Porto de Setúbal alcançou o maior tráfego de carga Ro-Ro da década

Marítimo Comentários fechados em Porto de Setúbal alcançou o maior tráfego de carga Ro-Ro da década 854
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Porto de Setúbal divulgou esta segunda-feira os resultados de movimentação de mercadorias durante o ano 2017. O grande destaque vai para a carga Ro-Ro, que registou o maior volume da última década – ligado directamente ao início de produção do modelo T-ROC na Volkswagen Autoeuropa.



Com um total de 223.671 unidades manuseadas durante 2017, a carga Ro-Ro no Porto de Setúbal cresceu 30% face a 2016, o que em números representou uma movimentação de mais 171.591 unidades. O resultado de 2017 representou mesmo o maior volume de carga Ro-Ro da década!

Porto de Setúbal espera que 2018 seja o melhor ano de sempre no Ro-Ro

Em comunicado, a Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS) admite que «a carga ro-ro registou um impulso dinamizado pela exportação, no último trimestre do ano, do novo modelo fabricado pela Volkswagen Autoeuropa, o T-ROC», modelo que ajudou ao aumento de 37% na exportação. Já na importação de automóveis, o terminal ro-ro de Setúbal registou uma subida de 25% face a 2016.

No mesmo comunicado, a APSS mostra-se ainda optimista que 2018 venha a ser «o melhor de sempre na movimentação de veículos no Porto de Setúbal», impulsionado pela exportação dos veículos da fábrica da Volkswagen.

6,6 milhões de toneladas e mais de 150 mil TEUs

Nos números do Porto de Setúbal relativos à carga movimentada durante 2017, destaque também para a carga contentorizada. Neste segmento, a APSS salienta que «pelo 2.º ano consecutivo foi ultrapassado no Porto de Setúbal o patamar dos 150.00 TEU», numa movimentação total de 152 mil TEU.

No total, o porto sadino manuseou 6,6 milhões de toneladas de carga de todas as tipologias. A APSS destaca ainda que «os números das cargas ro-ro e contentorizada mantêm a tendência de mudança estrutural da tipologia das cargas movimentadas no Porto de Setúbal, com um crescimento do movimento das cargas de valor acrescentado relativamente a outras tipologias associadas a cargas industriais pesadas, com importância crescente para a economia nacional na vertente das exportações».



Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com