Porto de Sines: Lançado o concurso público internacional para o Terminal Vasco da Gama

Marítimo Comentários fechados em Porto de Sines: Lançado o concurso público internacional para o Terminal Vasco da Gama 429
Tempo de Leitura: 3 minutos

Foi oficialmente publicado, em Diário da República, o concurso público internacional para a concessão do novo terminal de contentores no Porto de Sines (Terminal Vasco da Gama), que canalizará um investimento de 642 milhões de euros para o Porto de Sines. Este desenvolvimento, aliado ao aditamento da concessão do Terminal XXI, fará com que Sines desbloqueie, no total, um investimento na ordem dos 1,3 mil milhões de euros.

O concurso público internacional para a concessão, em regime de serviço público, do Terminal Vasco da Gama, incluindo o seu projecto, construção e exploração, tem um prazo de apresentação de propostas de 9 meses, prevendo-se a adjudicação no último trimestre de 2020 e início da obra em 2021, com uma duração aproximada de três anos, adiantou ontem, ao fim do dia, Ministério do Mar.

Tal como a Revista Cargo já havia adiantado, o novo terminal terá uma capacidade de movimentação anual de 3,5 milhões de TEU e um cais com um comprimento de 1.375 m com 3 posições de acostagem simultânea dos maiores navios do mundo (400 m comprimento, 60 m boca e capacidade 24.000 TEU). Terá uma área de terrapleno de 46 hectares, 15 pórticos de cais e fundos de -17,5 m ZH.

No total, o novo Terminal Vasco da Gama representará um investimento estimado em cerca de 642 milhões de euros, de fundos privados a cargo da futura entidade concessionária, com 225 milhões aplicados em equipamentos e 417 milhões em infra-estruturas. Para este montante de investimento estimado, o Estudo Económico-Financeiro considera um prazo de concessão de 50 anos.

O Terminal Vasco da Gama será construído e financiado por fundos privados através da concessionária que vier a ser seleccionada no âmbito do procedimento de contratação pública internacional, incluindo a assunção de todos os riscos associados, concretizando o modelo de gestão portuária do tipo landlord port aplicável ao sistema portuário nacional e recomendado pela Comissão Europeia e pela OCDE.

1,3 mil milhões de investimento no Porto de Sines ‘fechados’ nos últimos dias

O lançamento do concurso público internacional para o Terminal Vasco da Gama junta-se ao culminar recente de um outro processo, no passado sábado, quando a APS e a PSA assinaram um aditamento ao contrato de concessão do Terminal XXI, que permite a realização de novos investimentos de expansão do cais e redimensionamento e modernização desta infra-estrutura, o qual entrou imediatamente em vigor. Com este acordo, a PSA Sines irá investir 660,9 milhões de euros no Terminal XXI nos próximos 20 anos da concessão.

«Os dois processos em conjunto, culminados nos últimos dias, desbloqueiam um investimento superior a 1,3 mil milhões de euros no Porto de Sines, constituindo o maior investimento privado de sempre no sector», frisou o Ministério do Mar, ao fazer o balanço destes desenvolvimentos no porto alentejano.

Investimento público na ordem dos 300 milhões de euros nos próximos 5 anos

 Ao investimento privado superior a 1,3 mil milhões de euros junta-se ainda o necessário investimento público no Porto de Sines, nomeadamente na modernização e digitalização. Estima-se, por isso, que nos próximos 5 anos o investimento público no Porto de Sines ronde os 300 milhões de euros, com destaque para o prolongamento do molhe leste ou para as ligações ferroviárias.

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com