Porto de Lisboa cresceu 27,8% até Agosto; Sines mantém mais de metade da carga nacional

Marítimo Sem comentários em Porto de Lisboa cresceu 27,8% até Agosto; Sines mantém mais de metade da carga nacional 387

Os Portos nacionais conseguiram o melhor mês de sempre em Agosto e o melhor período Janeiro-Agosto da sua história, segundo os dados hoje revelados pela AMT – Autoridade da Mobilidade e dos Transportes. Nestes dados, a AMT destaca o Porto de Lisboa como «um dos principais responsáveis por este feito, depois de ter registado um acréscimo global de +27,8%» nos primeiros oito meses do ano, e recorda ainda que «Sines continua a liderar o movimento portuário, com uma quota de 52,9%». Dois Portos que, de resto, também estiveram em evidência nos contentores.

Por portos, os números da AMT mostram que foram vários aqueles que deram o seu contributo para este crescimento registado até Agosto: Leixões, Aveiro, Sines ou Lisboa. Mas o Porto da capital foi mesmo aquele que mais cresceu em termos percentuais, «tendo registado um acréscimo global de +27,8%, correspondente a +1,8 milhões de toneladas».

Sines representa agora 52,9% do total movimentado nos Portos

Entretanto, o Porto de Sines mantém a liderança destacada na movimentação de mercadorias no sistema portuário nacional, tendo agora uma quota de mercado de 52,9%. Ainda assim, essa quota de mercado está a decrescer (-1,4% do que no mesmo período do ano passado), apesar do Porto de Sines continuar a crescer de forma bastante significativa. Só que, agora, são vários os Portos nacionais que o acompanham nesse crescimento.

Em termos de quota do total movimentado nos Portos, é o Porto de Leixões que aparece no segundo lugar com 19,7% do movimento entre Janeiro e Agosto. Segue-se o Porto de Lisboa com 12,4% do total nacional, numa recuperação de dois pontos percentuais face ao mesmo período de 2016! Já Setúbal aparece a seguir com 7% do total, num decréscimo de -1,4 pontos percentuais.

Mais de 7.300 escalas nos Portos até Agosto

LeixõesDestaque também para o facto de, nos primeiros oito meses do ano, se ter registado um total de 7.344 escalas de navios de diversas tipologias, a que correspondeu um volume global de arqueação bruta (GT) de 137,4 milhões (respetivamente +2,6% e +6,8% do que nos primeiros oito meses de 2016).

Aqui, foi também o Porto de Lisboa aquele que «mais se distinguiu pelo seu comportamento a nível do movimento de navios, registando um acréscimo de 17,1% no número de escalas e de +18,9% no volume de GT, representando, respectivamente, quotas de 22,7% e 22,4%». Já Leixões foi o porto que registou um maior número de escalas que, após uma variação homóloga negativa de -2,5%, representou 24,3% do total, tendo observado um acréscimo de +1,9% na GT.

Leia também: Agosto foi o melhor mês de sempre nos Portos nacionais!

 

Leave a comment

Back to Top

Powered by MAEIL
Partilhar
Partilhar