Portocargo organizou operação que abasteceu Cabo Verde com 40 toneladas de EPI’s

Aéreo, Empresas, Logística Comentários fechados em Portocargo organizou operação que abasteceu Cabo Verde com 40 toneladas de EPI’s 400
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Portocargo tem assumido uma posição de destaque no contexto da pandemia, sendo um player logístico essencial no abastecimento de material e equipamento médico e hospitalar – a empresa nortenha voltou a estar em destaque, ao ser a organizadora da operação que permitiu a Cabo Verde receber 40 toneladas de equipamento de protecção individual (EPI) – o voo aterrou no dia 28 de Maio na Ilha do Sal.

Foi o concretizar de um carregamento que sofreu vários adiamentos, mas a resiliência da Portocargo e a coordenação entre todos os agentes envolvidos acabou por materializar o abastecimento – «Com satisfação, acabo de ser informado que chegaram ao país, provenientes da China, 40 toneladas de EPI, para o reforço no abastecimento de todas as estruturas de saúde nacionais, da Polícia Nacional e para a Protecção Civil, visando a prevenção do contágio do novo coronavírus em Cabo Verde», anunciou Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro de Cabo Verde.

De acordo com informação do Governo cabo-verdiano, com esta aquisição de material e equipamentos de protecção individual, «o país tem garantido um stock, para fazer face à pandemia, para os próximos quatro meses». Esta operação materializou assim a maior carga de EPI’s alguma vez recebida de uma só vez pelo país – a encomenda integra o Projecto de Emergência em Resposta à Covid-19, financiado pelo Governo de Cabo Verde e pelo Banco Mundial em cinco milhões de dólares, tendo sido organizado pelo Ministério das Finanças, através da Unidade de Gestão dos Projectos Especiais (UGPE), em articulação com o Ministério da Saúde e de Segurança Social e a Protecção Civil.

Operação foi «retrato fiel do espírito da Portocargo perante o mercado»

Esta carga corresponde ao primeiro lote de um contrato de fornecimento. Um segundo contrato, referente ao lote 2 de fornecimento de equipamentos hospitalares e para o laboratório de virologia, no valor de cerca de 2,2 milhões de euros, deverá chegar ao país no próximo mês. Para a Portocargo, este tratou-se de «mais um marco na história» da empresa. A «complexa missão é um retrato fiel do espírito e do posicionamento da Portocargo perante o mercado. Os vários obstáculos que foram surgindo foram ultrapassados com base numa equipa resiliente, experiente e determinada».

Em nota deixada nas redes sociais, a empresa vincou que «a aposta na tecnologia, em conjunto com os parceiros internacionais, permitiu entregar, em Cabo Verde, a maior quantidade de EPIs numa só operação. Continuaremos a responder assertivamente aos desafios lançados, conscientes do impacto da nossa actividade nas vidas de milhões de cidadãos, em todo o Mundo».

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com