Porto de Setúbal navio contentores

Portos de Setúbal e Leixões crescem +26,5 e +8,5 mil TEU e fixam novos recordes de TEU

MarítimoComentários fechados em Portos de Setúbal e Leixões crescem +26,5 e +8,5 mil TEU e fixam novos recordes de TEU317
Tempo de Leitura: 2 minutos

O segmento dos Contentores voltou, no contexto dos portos do Continente, a mostrar sinais de resiliência perante a prolongada crise sanitária que se arrasta pelo globo: no exercício Janeiro-Novembro de 2020, os dados da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) revelam que os portos de Setúbal e Leixões – que prosseguem na senda dos recordes em volume de TEU – foram instrumentais para a subida homóloga de +1,2%.

Os portos de Setúbal e Leixões fixaram acréscimos de +26,5 mil TEU e +8,5 mil TEU, respectivamente, sendo essenciais para o positivo registo. «O somatório destes acréscimos ascende a +188,9 mil TEU e anula o somatório das diminuições registadas em Lisboa e na Figueira da Foz, que se situa em -158,5 mil TEU», analisou a AMT no seu relatório, que incidiu sobre a movimentação portuária no período Janeiro-Novembro de 2020.

Porto de LeixõesOs portos de Leixões e Setúbal, assinale-se, registaram o volume de TEU mais elevado de sempre nos períodos de Janeiro a Novembro, com 647 582 e 153 893 TEU movimentados, respectivamente. Apesar do turbulento ano de 2020 ter sido pautado pela incerteza dos fluxos comerciais e pelas assimetrias constantes na procura, os dois portos portugueses foram capazes de obter números positivos no segmento contentorizado, fixando, em sucessão, recordes no que toca ao volume de TEU movimentado – desde Agosto que ambos os portos fixam novos máximos.

Tanto Setúbal como Leixões têm fixado recordes sucessivos nos períodos homólogos de Janeiro-Agosto, Janeiro-Setembro e Janeiro-Outubro, voltando, agora, a instituir novo registo máximo no período Janeiro-Novembro, de acordo com os dados compilados pela AMT. Esta tendência positiva e demarcada não é, no entanto, uma novidade: já em Abril, ambos os portos davam sinais de forte capacidade neste segmento. Nos primeiros quatro meses do ano, Setúbal e Leixões haviam já fixado registos máximos de TEU para o período em questão.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com