Portos e indústria naval em equação: Portugal e Quénia limam termos de cooperação

Marítimo Comentários fechados em Portos e indústria naval em equação: Portugal e Quénia limam termos de cooperação 273
Tempo de Leitura: 1 minutos

Portugal e Quénia equacionaram, em encontro de delegações governamentais, formas de cooperação no contexto da indústria naval e portuária – a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, recebeu uma delegação do Governo queniano, liderada pelo Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Macharia Kamau, e pelo Secretário de Estado das Pescas, Aquacultura e Economia Azul, Micheni Ntiba.

A reunião serviu para ponderar e analisar potenciais actos de cooperação entre as duas nações nos vários sectores da Economia do Mar, «tendo sido identificadas áreas prioritárias como os Portos e Transporte Marítimo, Pescas, Indústria Naval ou Aquicultura», revelou ontem o Ministério do Mar.

No aspecto tecnológico, frisou a tutela, a delegação queniana a mostrou «muito interesse nos sistemas em operação no nosso país, reconhecendo o seu potencial para o incremento da produtividade portuária, para a melhoria da segurança marítima ou para o aumento da vigilância nas suas águas».

Na deslocação a Portugal, a delegação queniana tem ainda visitas agendadas ao IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera (que poderá vir a ser um parceiro de entidades quenianas em matéria de formação) e a uma estação de aquicultura de ostras em Setúbal, à qual se juntará o Secretário de Estado das Pescas, José Apolinário.

A reunião do passado dia 11 vem na sequência da visita da ministra à capital do Quénia, Nairobi, no passado mês de Julho, na qual o governo queniano já tinha demonstrado um grande interesse em aprofundar relações com Portugal no âmbito dos assuntos do mar.

Fotos: Ministério do Mar

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com