Navios da MSC a operar no Terminal XXI Porto de Sines molhe

Portos de Sines, Leixões e Aveiro alcançaram o melhor semestre de sempre

Marítimo Comentários fechados em Portos de Sines, Leixões e Aveiro alcançaram o melhor semestre de sempre 708
Tempo de Leitura: 2 minutos

O sistema portuário nacional conseguiu o melhor semestre de sempre, tendo movimentado perto de 50 milhões de toneladas até meio do ano. Nos resultados porto a porto, o destaque tem que ser dado aos portos de Sines, Leixões e Aveiro que alcançaram os seus melhores semestres de sempre!

Os dados da AMT mostram assim que para o resultado de 48,6 milhões de toneladas alcançado pelo sistema portuário nacional no primeiro semestre, muito contribuíram as performances dos portos de Sines, Leixões e Aveiro, que cresceram 6,8%, 9% e 23,2%, respectivamente, para os valores semestrais mais elevados de sempre nas três infraestruturas portuárias em questão.

Porto de Lisboa é o que mais cresce

Apesar dos três portos acima referidos terem conseguido os seus melhores semestres de sempre, o título de porto que mais cresceu no primeiro semestre vai para Lisboa. Com um crescimento de 26,3%, o porto da capital manuseou mais 1,22 milhões de toneladas do que no mesmo período do ano passado.

Porto de Sines ainda detém mais de metade da quota nacional

Ao longo dos últimos anos, temos assistido a um escalar do porto de Sines no que à quota de movimento total portuário português diz respeito. Porém, o que se tem visto neste início de ano, com quase todos os restantes portos com performances positivas, é um atenuar da quota do porto alentejano.

Ainda assim, o porto de Sines continua a ser responsável por mais de metade da carga movimentada nos portos portugueses, agora com uma quota de mercado de 52,8% (um decréscimo de 0,6% face ao período homólogo de 2016).

Nesse ranking, o porto de Leixões ocupa a segunda posição com uma quota de 19,9%. Segue-se o porto de Lisboa, com 12,1%, numa recuperação de 1,7%.

Viana do Castelo, Figueira da Foz, Setúbal e Faro com perfil exportador

Os dados da AMT mostram ainda que os portos de Viana do Castelo, Figueira da Foz, Setúbal e Faro são os portos que apresentam um perfil de porto “exportador”, todos eles registando um volume de carga embarcada superior ao da carga desembarcada – com um quociente entre carga embarcada e o total movimentado, no período em análise, de 75,4%, 62,5%, 58,2% e 100%, respectivamente.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com