Portugal foi distinguido na Conferência dos Oceanos da ONU e quer receber a próxima edição

Marítimo Comentários fechados em Portugal foi distinguido na Conferência dos Oceanos da ONU e quer receber a próxima edição 514
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, lidera uma comitiva portuguesa (onde está incluída também, por exemplo, a presidente dos portos de Lisboa e de Setúbal, Lídia Sequeira) que está a representar Portugal na Conferência dos Oceanos, das Nações Unidas (ONU).

A distinção recebida por Portugal.

Portugal foi mesmo distinguido, no dia de ontem, pelo seu apoio e esforço na cooperação internacional no conhecimento científico dos Oceanos, uma distinção que foi entregue à própria Ministra do Mar como representante do nosso país.

No âmbito deste evento que decorre em Nova Iorque, Ana Paula Vitorino interveio no painel da Conferência dos Oceanos “Parcerias comuns para a avaliação global da Governação dos Oceanos” e teve uma sessão de trabalho com jornalistas portugueses, no âmbito da sua participacão na Conferência, na Missão Permanente de Portugal nas Nações Unidas.

A Conferência teve início na passada segunda-feira e decorre até sexta, contando com representantes de 193 países membros das Nações Unidas (ONU), que se preparam para assumir um compromisso global sobre utilização sustentável dos oceanos.

Portugal quer acolher a próxima edição da Conferência dos Oceanos

Na Conferência, a Ministra do Mar admitiu mesmo a ambição de ter a próxima Conferência dos Oceanos da ONU no nosso país, no ano de 2020.

«Quero formalmente anunciar que Portugal se oferece para receber a próxima Conferência dos Oceanos da ONU, em 2020, na mesma base e com os mesmos objectivos vertidos para esta conferência», referiu Ana Paula Vitorino.

Limpar os portos até 2030 é um dos cinco compromissos

Pela voz da Ministra do Mar, Portugal assumiu publicamente na Conferência dos Oceanos uma série de cinco compromissos próprios para enfrentar os problemas dos oceanos à escala global.

Os cinco pontos enumerados pela Ministra foram: Limpar os portos até 2030; duplicar as áreas marinhas protegidas até 2020; fazer planos de ordenamento que definam as actividades económicas permitidas em cada zona marítima até 2020; incentivar maior cooperação entre a indústria e a ciência para reciclar os materiais usados sobretudo em embalagens; criar uma rede internacional de cientistas para a investigação e inovação marítima e marinha centrada nos Açores.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com