Portugal «é atractivo para o desenvolvimento de novas plataformas logísticas XXL»

Logística Comentários fechados em Portugal «é atractivo para o desenvolvimento de novas plataformas logísticas XXL» 262
Tempo de Leitura: 2 minutos

«Portugal, especialmente o distrito de Lisboa devido às suas excelentes infra-estruturas, é um mercado muito atractivo para o desenvolvimento de novas e modernas plataformas logísticas XXL», declarou Ramon Lázaro, Director Comercial da GSE Espanha e Portugal, na sequência do anúncio de que a Green Logistics se encontra a construir um armazém logístico de 115.000 metros quadrados na Azambuja, Lisboa.

Portugal tem «excelentes infra-estruturas», frisa Ramon Lázaro

Green Logistics Aquila

Esta plataforma será sustentável e contará com painéis fotovoltaicos instalados em todo o telhado. Durante o processo de construção, serão seguidos os protocolos necessários para minimizar todas as emissões de C02. Os trabalhos de construção estão a ser realizados pela GSE, empresa que também colabora noutros projectos da Green Logistics da Aquila Capital em Itália. O Azambuja Green Logistics Park (saiba mais aqui), promovido pela empresa alemã Aquila Capital, sob a marca Green Logistics, é o seu primeiro investimento logístico em Portugal.

A infra-estrutura logística está já em construção e a sua conclusão está prevista para o final do ano 2022. «Portugal, especialmente o distrito de Lisboa devido às suas excelentes infra-estruturas, é um mercado muito atractivo para o desenvolvimento de novas e modernas plataformas logísticas XXL e, consequentemente, para investidores que procuram estes activos dentro da União Europeia», frisou Ramon Lázaro. Recorde-se que a Green Logistics tem um historial de oito anos no sector, tendo já investido mais de 729 milhões de euros em vários projectos europeus. Actualmente, a Green Logistics desenvolve e gere activos em países como Itália, Portugal, Alemanha e também Espanha.

Azambuja Green Logistics Park, tal como todos os projectos logísticos da Aquila Capital, está a ser desenvolvido seguindo «normas rigorosas de eficiência energética e sustentabilidade, na cadeia de abastecimento e construção, para reduzir as emissões de CO2», adiantou a empresa. O projecto incorporará uma bacia de retenção de água, devido à baixa capacidade da rede de drenagem natural. Para melhorar a circulação da área, serão construídos uma nova estrada de acesso público e um parque de estacionamento para automóveis e camiões, que será cedido à Câmara Municipal.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com