DGRM Portugal

Portugal presidiu, em Lisboa, ao Conselho Informal dos Ministros das Pescas da União

Marítimo Comentários fechados em Portugal presidiu, em Lisboa, ao Conselho Informal dos Ministros das Pescas da União 222
Tempo de Leitura: 2 minutos

Ricardo Serrão SantosO Ministro do Mar de Portugal, Ricardo Serrão Santos, presidiu ontem, dia 15 de Junho, no Centro Cultural de Belém, a um Conselho Informal de Ministros das Pescas da União Europeia, cujo tema se centrou no futuro da Política Comum das Pescas (PCP). No evento, a área das Pescas foi representada pela Secretaria de Estado das Pescas, Teresa Coelho, tendo a DGRM integrado também a comitiva portuguesa.

Portugal presidiu ao encontro ministerial, em Lisboa

Neste encontro ministerial «foram identificados os resultados positivos alcançados, desde a entrada em vigor da actual Política Comum das Pescas, a 1 de Janeiro de 2014, e os aspectos que carecem de ser melhorados no futuro próximo», explicou, através de um comunicado ao qual tivemos acesso, a DGRM. De forma genérica, as delegações «identificaram progressos significativos ao nível da gestão sustentável dos recursos marinhos, mas defenderam que a componente económica e social da pesca deve ser melhor equacionada, bem como deve ser aprofundado o modelo de recolha de informação das pescas, instrumento essencial para a boa gestão das pescarias», pode ler-se ainda no documento.

Os ministros defenderam a importância de um maior envolvimento dos Conselhos Consultivos e das Organizações representativas da pesca no processo de decisão, e, acreditam que uma revisão da actual Política Comum das Pescas irá ter em conta o Pacto Ecológico Europeu e o Brexit. Por último, todos reconheceram a importância de serem encontradas soluções flexíveis no quadro da gestão das pescarias, que tenham em conta as especificidades da pequena pesca costeira, da pesca que se desenvolve no Mediterrâneo e no Báltico, bem como das pescarias que foram fortemente afectadas pelo Brexit. Com esta reunião, iniciou-se um ciclo de debates a nível ministerial, com vista a delinear as linhas orientadoras que presidirão á revisão da actual Política Comum das Pescas, que ocorrerá na sequência do balanço apresentado pela Comissão, até 31 de Dezembro de 2022.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com