Presidente da APA dá nota «muito positiva» à participação do Porto de Aveiro no ‘Cascade 2019’

Marítimo Comentários fechados em Presidente da APA dá nota «muito positiva» à participação do Porto de Aveiro no ‘Cascade 2019’ 260
Tempo de Leitura: 3 minutos

«A Administração do Porto de Aveiro considera muito positiva a sua participação no exercício ‘Cascade 2019’, que possibilitou testar as capacidades e treino das suas próprias equipas, bem como a boa interacção e articulação de todas as entidades envolvidas. Regista-se consecutivamente um notório empenho das empresas instaladas nos terminais do Porto de Aveiro, que participaram neste exercício», declarou Fátima Lopes Alves.

As declarações prendem-se com a avaliação da presidente da APA sobre o desempenho do porto e da comunidade portuária no Exercício Cascade 19, que terminou no passado dia 30 de Maio, com dois eventos distintos, um no Terminal de Granéis Líquidos, cujo alerta foi dado às 10:47 após a ocorrência de uma explosão num tanque de metanol, com origem num relâmpago, seguido de incêndio, e, o outro, no parque de contentores no Terminal Norte na área da Medway, com o alerta de um derrame num contentor de produto perigoso não identificado, por volta das 11:15.

De acordo com informações veiculadas pela APA, na sua newsletter, o Centro de Coordenação de Operações «foi guarnecido com os elementos das diversas entidades de resposta à emergência, bem como os responsáveis da segurança das empresas afectadas pelo incidente. De imediato foi dada prioridade à assistência às vítimas e à segurança das pessoas, sendo definidos os perímetros de segurança nas áreas afectadas e determinada a evacuação preventiva das pessoas não essenciais à operação de emergência em curso».

Exercícios nos terminais granéis líquidos e sólidos e no Terminal Norte

Primeiro incidente: após o derrame de anilina, foi dada ordem para a evacuação total do Terminal de Granéis Líquidos e do Terminal de Granéis Sólidos. A operação «foi realizada com êxito, envolvendo uma componente de evacuação marítima, da responsabilidade da Autoridade Marítima, e outra terrestre, num total de 18 elementos das empresas dos dois terminais. No local estiveram elementos da Autoridade Marítima, da Administração do Porto de Aveiro, Brigadistas das Empresas, corporações de Bombeiros e GNR».

O segundo incidente: no Terminal Norte, um contentor apresentou-se com grau elevado de complexidade devido ao derrame de produto perigoso não identificado, sendo necessária a intervenção de equipas mistas especializadas em várias valências. Neste incidente participaram elementos da Autoridade Marítima, Polícia Judiciária, Corporações de Bombeiros, GNR e equipas especializadas internacionais. Antes, no dia 29 de Maio, havia já ocorrido o exercício de combate à poluição ocorrida no dia anterior, na ponte-cais n.º 26 do Terminal de Granéis Líquidos.

APA realça «notório empenho das empresas»

A APA, em reacção aos exercícios, enfatizou a «nota muito positiva da sua participação no exercício Cascade 19, que possibilitou testar as capacidades e treino das suas próprias equipas, bem como a boa interacção e articulação de todas as entidades envolvidas», deixando também um elogio ao «notório empenho das empresas instaladas nos terminais do Porto de Aveiro, que participaram neste exercício».

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com