Terminal XXI Porto de Sines Madrid Maersk

Trimestre de sucesso permite «perspectivar mais um ano positivo para o Porto de Sines»

MarítimoComentários fechados em Trimestre de sucesso permite «perspectivar mais um ano positivo para o Porto de Sines»223
Tempo de Leitura: 2 minutos

Através de uma comunicação ontem emitida, a administração do Porto de Sines (APS) deu conta do fulgurante primeiro trimestre em termos de movimentação de mercadorias: face ao período Janeiro-Março de 2020, a infra-estrutura alentejana obteve uma variação positiva de +16% no segmento dos contentores e de +10% no que diz respeito à globalidade das cargas processadas nestes três meses. Dados auspiciosos para 2021.

Dados auspiciosos: Sines com resultados encorajadores no 1º trimestre

«Os valores apresentados nestes três primeiros meses permitem perspectivar mais um ano positivo para o Porto de Sines, numa altura em que decorre a bom ritmo a ampliação do Terminal de Contentores – Terminal XXI, sem qualquer interferência na operacionalidade do porto, e que irá representar um aumento da capacidade de 2,3 milhões para 4,1 milhões de TEU anuais», pode ler-se no comunicado, ao qual tivemos acesso.

Dia do Porto de SinesOlhemos, então, para os dados divulgados pela administração portuária liderada por José Luís Cacho: nos primeiros três meses de 2021, o porto movimentou 440.645 TEU, registo que espelha uma evolução homóloga de 16%, com a carga contentorizada de importação e exportação a atingir os 104.391 TEU. O Porto de Sines mantém, assim, a trajectória de crescimento apresentada no final do ano anterior.

A soma de todos os segmentos de carga cifrou-se em perto de 12 milhões de toneladas movimentadas, traduzindo, assim, um crescimento homólogo de 10%, «demonstrando que esta infra-estrutura portuária não registou impactos relevantes na sequência da recente crise causada pelo bloqueio do Canal do Suez», diz o comunicado da APS. O segmento da carga geral, onde se incluem os contentores, registou 5,6 milhões de toneladas movimentadas no trimestre inicial de 2021 e contribuiu «decisivamente para os resultados globais do porto».

No segmento de granéis líquidos, onde se incluí o crude, os refinados e o gás natural, registou-se um crescimento homólogo de 4%, com mais de 6 milhões de toneladas movimentadas, mantendo Sines como a principal porta do país para produtos energéticos.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com