psa opel

Aquisição da Opel pelo Grupo PSA já tem aprovação da UE e avança no final do ano

Veículos Comentários fechados em Aquisição da Opel pelo Grupo PSA já tem aprovação da UE e avança no final do ano 328
Tempo de Leitura: 1 minutos
carlos tavares psa

Carlos Tavares – CEO do Grupo PSA

O negócio de aquisição, por 2.200 milhões de euros, da Opel pelo Grupo PSA (presidido pelo português Carlos Tavares) conheceu ontem avanços significativos ao ter recebido a aprovação da Comissão Europeia, abrindo caminho para que o Grupo PSA se torne o segundo maior fabricante europeu (atrás da Volkswagen).

Grupo enfrenta forte concorrência

No parecer da Comissão Europeia, pesou o facto da quota de mercado das duas empresas combinadas ser relativamente pequena nos mercados apreciados e que a junção Opel/Peugeot vai continuar a ter forte concorrência de fabricantes como Renault, Volkswagen ou Ford.

Nos mercados avaliados, apenas em Portugal e Estónia se verifica uma quota de mercado nos comerciais ligeiros superior a 40%, mas a fusão representa um aumento de menos de 5% na quota total.

Negócio avança no final do ano

«Hoje demos um importante passo. As equipas estão agora focadas na obtenção de todas as outras condições necessárias para a conclusão de todo o processo, previsto para o final deste ano» afirmou Patrice Lucas, Responsável pelos programas e estratégia do grupo PSA.

O processo tinha avançado substancialmente na semana passada, depois de ultrapassados os problemas levantados pela General Motors, tendo a empresa sido pressionada pelos investidores para vender o seu braço europeu, que recentemente registou o 16º ano consecutivo de perdas.

O Grupo PSA passará a ser constituído pela Peugeot, Citroën, DS, Opel e Vauxhall, ficando com uma quota de mercado na ordem dos 17%.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com