Terminal XXI PSA Sines

PSA Sines lançou concurso para expansão do Terminal XXI do Porto de Sines

Marítimo Comentários fechados em PSA Sines lançou concurso para expansão do Terminal XXI do Porto de Sines 414
Tempo de Leitura: 2 minutos

A PSA Sines, concessionária do Terminal XXI, do Porto de Sines, lançou o concurso para a expansão da infra-estrutura portuária de contentores.

A etapa da expansão compreende a construção de mais 204 metros de cais por forma a dotar o terminal de um cais corrido com 1.150 metros até ao final de 2021, representando um investimento de 16,5 milhões de euros. Trata-se da etapa inicial de expansão após processo de renegociação da concessão do Terminal XXI que, na sua configuração final, apresentará um cais com 1.750 metros a serem construídos de forma faseada.

Recorde-se que o Terminal XXI encontra-se inserido nas principais rotas marítimas internacionais nas quais estão alocados os maiores navios de contentores do mundo em operação, sendo que este investimento vem reforçar a capacidade do terminal em receber vários navios mega-carriers em simultâneo e assim aumentar a sua oferta operacional. A Revista Cargo tem acompanhado a par e passo o dossier da expansão do terminal.

Puxemos então o filme atrás: em Outubro do ano passado, a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) e a PSA Sines celebraram um aditamento ao contrato de concessão que permite a realização de novos investimentos referentes à expansão do cais e redimensionamento e modernização do terminal, projectando o aumento da capacidade de movimentação anual de 2,3 para 4,1 milhões de TEU (contentores de 20 pés).

O aditamento, firmado nas instalações do Ministério do Mar (na presença da então Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino), induzirá à criação até 2039 de 900 postos de trabalho no terminal. Na sequência do acordo, está igualmente previsto um investimento de 9,3 milhões de euros para a expansão da ferrovia, já existente, e 154,2 milhões para novos equipamentos a adquirir até 2027, num total de 297,9 milhões.

Na altura da assinatura, o director executivo regional da PSA para a Europa, David Yang, lembrou que, quando o grupo tomou as rédeas da gestão do porto alentejano, (decorria o ano de 1999), «a cidade era pequena e tinha poucas infra-estruturas. Em 20 anos tudo mudou. Da nossa parte não haverá retrocessos e iremos continuar a investir», garantiu David Yang.

Já em Fevereiro deste ano, a APS consignou a empreitada da 3.ª Fase de Ampliação do Molhe Leste do Porto de Sines, num montante de cerca de 72 milhões de euros, compreendendo a extensão do molhe em 750 metros, que permitirá reforçar a protecção da zona leste do Porto de Sines onde se localiza o Terminal XXI. Esta obra integra um projecto aprovado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020) e beneficiará de financiamento comunitário, através do Fundo de Coesão, em cerca de 25 milhões de euros.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com