Aeroporto do Montijo Executivo

Quatro consórcios disputam análise do novo aeroporto de Lisboa

Aéreo, Notícias Comentários fechados em Quatro consórcios disputam análise do novo aeroporto de Lisboa 576
Tempo de Leitura: 1 minutos

O jornal Público informa, na sua edição desta Terça-feira, que o IMT – Instituto da Mobilidade e Transportes aceitou um total de quatro candidaturas para o desenvolvimento da “Avaliação Ambiental Estratégica do Plano de Ampliação da Capacidade Aeroportuárias da Região de Lisboa”.

O prazo para apresentação de propostas terminou no passado dia 10 e, segundo adiantou fonte do IMT ao Público, a proposta de valor mais elevado foi apresentada pelo consórcio formado pela Quadrante, empresa de engenharia e consultoria, e pela consultora PricewaterhouseCoppers – no valor de 2.295.000 euros.

Um segundo consórcio, formado pela Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva/Ernst & Young/Ove Arup & Partner/Leadin Aviation Consulting e pela Ramboll Iberia, apresentou uma proposta no valor de 2.000.000 euros.

Já o consórcio da COBA – Consultores de engenharia e ambiente e da Ingeniería e Economia del Transporte apresentou uma proposta no valor de 1.999.980 euros.

O quarto consórcio é formado pelo IDAD – Instituto do Ambiente e Desenvolvimento/TIS PT/FUNDEC – Associação para a formação e o desenvolvimento em engenharia civil e arquitectura e pela Senerengivia.

Júri do IMT analisará propostas

A mesma fonte do IMT referiu ao Público que, “após a análise das propostas apresentadas e a aplicação do critério de adjudicação constante do programa do concurso”, o júri “elaborará fundamentadamente um relatório preliminar, no qual deve propor a ordenação das mesmas, conforme previsto no art.º 147.º do Código dos Contratos Públicos”.

 

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com