Rangel camião entrega

Rangel expande estratégia de internacionalização e inicia operação logística no México

Empresas, Logística Comentários fechados em Rangel expande estratégia de internacionalização e inicia operação logística no México 319
Tempo de Leitura: 3 minutos

A Rangel Logistics Solutions fechou 2020 com chave de ouro, ao ser a empresa logística a entregar o primeiro lote de vacinas anti-COVID-19 em Portugal, e arranca 2021 da mesma forma, ao anunciar a extensão da sua estratégia de internacionalização até ao México.

Rangel aposta forte no México e reforça presença na América Latina

Com um investimento inicial de 750.000 euros, a empresa abriu este mês escritório na Cidade do México, contratou equipas e prevê nos próximos 2 anos a abertura de mais três escritórios no pais. A escolha do México, acabou por impor-se como «o passo seguinte, depois da abertura do Brasil em 2013, para reforçar a nossa presença na América Latina, até pela dimensão, força económica e industrial do país, que é a grande fábrica dos Estados Unidos», explicou, citado através de um comunicado ao qual acedemos, Nuno Rangel, CEO da Rangel Logistics Solutions.

Quanto aos serviços disponibilizados, a grande aposta passa pela logística internacional — área em que a Rangel já opera e tem muito know-how, podendo ser o braço logístico do comercio internacional de quem quer exportar ou importar para o México —, mas também passa por explorar oportunidades nos serviços de logística contratual, nomeadamente em logística industrial, no sector automóvel e em outras indústrias.

Empresa desenrola estratégia para ser «player logístico global»

Neste país, detalhou a empresa, a estratégia foi a de identificar os principais players e estabelecer parcerias. Desta forma, é possível à Rangel apresentar soluções logísticas aos clientes, aparecendo como um único interlocutor que integra vários operadores. As perspectivas apontam para a continuidade de expansão para outros países em 2021, tornando a marca Rangel «cada vez mais sinónimo de um player logístico global».

Nuno Rangel«Cientes de que este é um país em que o sector logístico regista uma forte concorrência, com a presença de todos os grandes players mundiais, nós temos a flexibilidade de um operador local, com capacidade de adaptação às diferentes oportunidades do mercado. Estamos confiantes e, com um forte crescimento no México e em toda América Latina, ganharemos peso no mercado ibérico enquanto operador logístico. Ao mesmo tempo, a crise que se vive actualmente é uma crise que põe em evidência a necessidade de transformação digital e este é uma das nossas grandes apostas»,

A Rangel tornou-se também este mês associada da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana, e o seu Presidente Miguel Gomes da Costa, referiu : «A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana que, ao longo dos seus já 15 anos de existência, tem prosseguido como objectivo principal, o desenvolvimento das relações económicas e empresariais entre Portugal e México, acompanha com todo o interesse, e congratula-se, com este novo Projecto do Grupo Rangel no México, que dada a sua experiência nacional e internacional, dimensão e área de actividade, estamos certos que irá contribuir para que o grande mercado mexicano possa ser olhado cada vez com mais interesse pelas empresas portuguesas».

Recorde-se que a internacionalização da Rangel se iniciou em 2007, com a abertura de uma filial em Angola, seguindo-se Moçambique em 2011, Brasil em 2013, e Cabo Verde em 2015 com o objectivo de criar um triângulo logístico entre América, África e Europa.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com