Rangel antonov

Rangel voltou a operacionalizar voo directo com 90 toneladas de equipamento médico

Aéreo, Empresas, Logística Comentários fechados em Rangel voltou a operacionalizar voo directo com 90 toneladas de equipamento médico 332
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Rangel voltou a orquestrar mais um voo dedicado e directo da China para o Porto, carregando 90 toneladas de dispositivos médicos hospitalares, utilizando mais uma vez um avião cargueiro Antonov 124, o segundo maior do mundo, que aterrou no Aeroporto do Porto no passado dia 29 de Maio.

Rangel fecha nova operação logística complexa com sucesso

«Trata-se de mais uma complexa operação logística proveniente da China/Xangai, a somar às muitas realizadas pela Rangel desde o início desta pandemia», pode ler-se na missiva da empresa que faz o balanço da operação, inserida no já longo combate logístico que a Rangel vem levando a cabo, e que a Revista Cargo vem acompanhado a par e passo. A vertente logística tem sido vital para o eficiente e coordenado combate ao novo coronavírus, auxiliando a frente hospitalar e laboratorial, fornecendo kits de teste e variado equipamento de protecção.

«O sucesso desta operação deveu-se ao total empenho  de uma equipa Rangel, especializada e dedicada, que, devido às recentes alterações das regras de exportação de dispositivos médicos implementadas pelo governo chinês, enfrentaram um forte  congestionamento de todas as infraestruturas aeroportuárias da China, dado os volumes extraordinários de EPI’s que estão a ser exportados para todo o mundo», vinca a empresa.

Na China, a Rangel foi responsável pela coordenação, recepção e consolidação das mercadorias em armazém, gestão documental, despacho aduaneiro na exportação, seguro, fretamento do avião e supervisão do seu carregamento na origem até à sua chegada ao Porto. Já no Aeroporto do Porto geriu a descarga e desalfandegamento e numa operação expresso, procedeu-se ao carregamento e entrega da mercadoria na casa do cliente em menos de 10 horas, utilizando para o efeito 12 camiões TIR. Para este cliente, é o terceiro voo dedicado China –  Portugal que a Rangel operacionaliza, tendo o primeiro chegado a Portugal a 27 de Março, com a 1ª carga de material médico pós pandemia, e o segundo  a 21 de Abril.

«Num momento em que os constrangimentos logísticos são muitos, a Rangel sublinha o orgulho nas suas equipas que, com o seu know-how e dispondo de soluções logísticas integradas, conseguiram fazer chegar ao seu destino esta mercadoria imprescindível à actual situação em que vivemos em Portugal», rematou a empresa.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com