DHL Express

Receitas do Grupo Deutsche Post DHL crescem no terceiro trimestre de 2019

Aéreo, Empresas, Logística Comentários fechados em Receitas do Grupo Deutsche Post DHL crescem no terceiro trimestre de 2019 262
Tempo de Leitura: 4 minutos

O Grupo Deutsche Post DHL, líder mundial em serviços de correio e logística, apresenta uma trajectória de resultados financeiros positivos no terceiro trimestre de 2019. No período de Julho a Setembro, as receitas do Grupo situaram-se nos 15.6 mil milhões de euros, um aumento de 4,7% face ao ano anterior. O lucro operacional aumentou de 376 milhões, para 942 milhões de euros, revelou o grupo.

As cinco divisões do Grupo contribuíram favoravelmente para a performance positiva das receitas e dos lucros operacionais do Grupo. O negócio expresso internacional e a divisão Parcel da Alemanha apresentaram um crescimento especialmente dinâmico, com o comércio electrónico a continuar a crescer, adiantou o Grupo Deutsche Post DHL, através de um comunicado.

«Tivemos um 3º trimestre muito bom», frisou CEO do Grupo Deutsche Post DHL

Frank Appel

«Tivemos um terceiro trimestre muito bom. Todas as cinco divisões registaram um bom desempenho, apesar do contexto desafiante da economia global. Graças ao nosso amplo portefólio e à posição de líder de mercado das nossas divisões, estamos a crescer favoravelmente, mesmo em tempos incertos», afirmou Frank Appel, CEO do Deutsche Post DHL Group. «Para o quarto trimestre, prevemos um período festivo tradicionalmente forte e reafirmamos os nossos objectivos para todo o ano de 2019», acrescentou o responsável.

Para o actual exercício fiscal, o Grupo Deutsche Post DHL espera aumentar o lucro operacional para entre 4.0 a 4.3 mil milhões de euros. Os ganhos das divisões da DHL deverão alcançar entre 3.4 a 3.5 mil milhões de euros. O Grupo Deutsche Post DHL já confirmou as suas directrizes para 2020 e metas da Estratégia 2025, anunciadas em Outubro, para o período até 2022.

O EBIT do Grupo foi estimado em mais de 5 mil milhões de euros para o próximo ano e no mínimo, registar 5.3 mil milhões em 2022. Para alcançar estas metas, o Grupo planeia impulsionar o crescimento dos seus principais negócios e acelerar a transformação digital, conforme declarado na sua Estratégia 2025.

Despesas de investimento: mais dois aviões Boeing 777 encomendados

Com o objectivo de reforçar o crescimento rentável a longo prazo, o Grupo Deutsche Post DHL planeou a realização de investimentos chave nos seus principais negócios durante o terceiro e quarto trimestre de 2019. O Grupo investiu um total de 854 milhões de euros em todas as divisões (827 milhões de euros em 2018). Por exemplo, o Grupo expandiu os seus hubs globais e regionais na divisão Express e renovou a sua frota intercontinental. No terceiro trimestre, o Grupo aplicou 245 milhões de euros nesta medida. Após a encomenda de dois novos aviões de carga Boeing 777 no segundo trimestre, a divisão Express colocou ao serviço, no terceiro trimestre, outros dois, dos 14 novos aviões de carga.

O Grupo planeia aumentar as despesas de investimento para aproximadamente 3.7 mil milhões de euros durante o ano de 2019, acima dos 2.6 mil milhões de euros registados em 2018. Este número inclui já o valor destinado à renovação da frota intercontinental Express: 1.1 mil milhões de euros.

DHL Express: Crescimento contínuo de receitas e lucro 

No terceiro trimestre, a divisão DHL Express manteve um desempenho muito positivo. A receita da divisão aumentou 8,7%, para 4,2 mil milhões de euros no período de Julho a Setembro. O volume por dia do core business da divisão, o negócio de entregas expresso internacional, obteve um aumento de 5,9% comparativamente ao período homólogo. A contínua expansão de volumes, aliada a uma gestão rigorosa do rendimento, levou a um crescimento dos lucros operacionais da divisão de 11% para 454 milhões de euros no terceiro trimestre. A margem operacional subiu para 10,7%.

Primeiros nove meses: performance positiva nas receitas e lucros operacionais

As receitas do Deutsche Post DHL Group atingiram os 46.4 mil milhões de euros nos primeiros nove meses de 2019, um aumento de 3,9%. Todas as cinco divisões contribuíram para esta tendência de subida. O lucro operacional cresceu 41,5% chegando aos 2.9 euros mil milhões de euros. Este aumento da receita ficou a dever-se não só ao efeito das despesas não recorrentes incorridas no ano passado, como resultado do programa do Grupo para melhorar os proveitos das divisões Post – e-Commerce – Parcel, como também fruto da receita não recorrente gerada a partir da parceria estratégica com a S.F. Holding na China.

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com