enidh cursos

«Redefinição de funções e perfis» será o grande desafio da ENIDH no futuro do ‘Shipping’

Marítimo Comentários fechados em «Redefinição de funções e perfis» será o grande desafio da ENIDH no futuro do ‘Shipping’ 265
Tempo de Leitura: 2 minutos

A ENIDH assinalou, no dia 19 de Outubro, 97 anos de existência – a sessão solene foi acompanhada a par e passo pela Revista Cargo, que dedica a totalidade da sua newsletter ao evento. Entre os destaques do evento esteve a intervenção de Rui Raposo, na qualidade de Presidente do Conselho Geral da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique (ENIDH) – o responsável analisou o processo da transição energética (e os seus efeitos negativos imediatos) bem como o grande desafio da escola náutico: adaptar-se à «redefinição de funções e perfis» a que o mercado obrigará.

Os percalços da transição energética e a redefinição de perfis no Shipping

«É manifestamente notório que a transição energética não está bem equacionada. Ainda agora começou, e já se começam a sentir os inevitáveis aumentos nos preços da energia, nos bens para o consumidor final, por falta de produtos e concorrentes no mercado e alguns despedimentos nos sectores ligados aos combustíveis fósseis. Esta situação será tão mais grave quanto mais avançarmos na descarbonização. Dever-se-á incluir, assim, neste contexto, a preocupação social. No que se refere aos alunos da ENIDH, não estou preocupado quanto a eventuais situações de desemprego, porque faltam no mercado 26.240 oficiais, e, em 2026, prevê-se que haja uma falta de 89 mil oficiais em todo o mundo», vincou Rui Raposo.

«O problema com que nos devemos preocupar na escola náutica é com a redefinição de funções e perfis que se irão verificar a bordo dos navios, devido à digitalização, aos novos motores e aos novos combustíveis que irão ser utilizados – tudo isto exigirá formações específicas. Daí a necessidade da escola náutica se dotar dos meios necessários para que possa desenvolver investigação aplicada para que possa, a cada momento, dar resposta às transformações que se possam verificar e às necessidades de mercado. A ENIDH tem, ao longo dos anos, sido capaz de entender e dar resposta às necessidades do mercado, e estou seguro que, mais uma vez, vai estar à altura de acrescentar valor ao sector», finalizou Rui Raposo.

Saiba mais sobre a intervenção de Rui Raposo no ‘Dia da ENIDH’:

Rui Raposo: ENIDH poderá ser «fundamental» na investigação para uma descarbonização efectiva

 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com