Renault e Neoline abraçam projecto para construir navios de carga movidos a energia eólica

Marítimo Comentários fechados em Renault e Neoline abraçam projecto para construir navios de carga movidos a energia eólica 312
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Grupo Renault juntou forças com a companhia francesa Neoline, designer de navios de carga, para testar uma nova solução de transporte marítimo capaz de reduzir drasticamente a actual pegada de carbono da cadeia de abastecimento do grupo. A decisão foi anunciada durante a conferência marítima ‘Assises de la Mer’, realizada entre os dias 27 e 28 de Novembro, em Brest, França.

Através de uma parceria de três anos, ambas as companhias irão desenvolver um serviço de transporte marítimo sustentável movido a energia eólica, contribuindo para a gestão ambiental da cadeia logística do Grupo Renault – recorde-se que cerca de 60% das peças e veículos do grupo francês são transportados por via marítima. O projecto, afirmou a empresa, está alinhado com a estratégia ambiental do grupo: reduzir a pegada de carbono em 25% entre 2010-2022, com uma meta adicional de 6% no que diz respeito à sua cadeia logística face a 2016.

«O objectivo do Grupo Renault é reduzir o impacto ambiental de cada veículo durante todo o seu ciclo de vida»

Para a Renault, esta é, sem dúvida, uma solução desenhada para o futuro: o projecto com a Neoline envolve a construção de dois navios cargueiros movidos por força eólica até 2020. «O objectivo do Grupo Renault é reduzir o impacto ambiental de cada veículo durante todo o seu ciclo de vida, desde o transporte de peças até a entrega e o processamento no final da vida», declarou Jean-Philippe Hermine, vice-presidente de Planeamento Estratégico Ambiental do Grupo Renault, na sequência do anúncio.

«No contexto da nossa estratégia para explorar novas soluções de mobilidade sustentável e continuar o caminho de redução da nossa pegada de carbono, a solução concebida pela Neoline, que combina eficiência energética e relevância operacional, realmente conquistou a nossa atenção», acrescentou Jean-Philippe Hermine.

«Estamos especialmente satisfeitos pelo facto de o Grupo Renault ser o primeiro parceiro a juntar-se a nós nesta nossa jornada, mostrando confiança na solução de transporte marítima da Neoline. Pretendemos criar uma solução inovadora para enfrentar um desafio ambiental global» afirmou Jean Zanuttini, CEO da Neoline, lembrando que « o transporte marítimo tradicional representa cerca de 3% das emissões de CO2 na Europa».

Veja aqui o vídeo do projecto:

Author

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com