Porto de Ponta Delgada

Obras preparam Porto de Ponta Delgada «para os próximos 25 anos»

Marítimo Comentários fechados em Obras preparam Porto de Ponta Delgada «para os próximos 25 anos» 660
Tempo de Leitura: 2 minutos

A obra de reperfilamento do cais -10m (ZH) será um trunfo estrutural de longo prazo para o Porto de Ponta Delgada – quem o diz é a Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas. Na passada Sexta-feira, Ana Cunha afirmou, durante a visita ao porto, que a requalificação irá «capacitar o Porto de Ponta Delgada para os próximos 25 anos». A empreitada inclui o processo de repavimentação do terrapleno portuário, a beneficiação das redes técnicas adjacentes e dragagem da bacia portuária, significando um investimento de 32 milhões de euros.



«Infra-estrutura sofreu investimento de 93 milhões» nos últimos 20 anos

Segundo Ana Cunha, o reperfilamento do cais do Porto de Ponta Delgada permitirá o «aumento muito significativo (60%) da área de terrapleno» e «a operação em linha dos três navios de contentores que operam entre o continente e a Região Autónoma dos Açores».

Em declarações à imprensa, a Secretária Regional dos Transportes negou que exista «um desinvestimento da Região neste porto», salientando que esta infra-estrutura «sofreu, nos últimos cerca de 20 anos, um investimento num montante de 93 milhões de euros».

«Há, pelo contrário, um investimento muito grande no Porto de Ponta Delgada, que movimenta cerca de dois terços das mercadorias para a Região Autónoma dos Açores, daí a sua importância para o desenvolvimento económico da nossa Região», adicionou Ana Cunha, citada por uma nota de imprensa do Gabinete de Apoio à Comunicação Social (GACS). O projecto, revelou, encontra-se «em fase de estudo de impacto ambiental» – a avaliação deverá estar finalizada em Janeiro de 2018, sendo expectável que empreitada seja «lançado no próximo ano».

Reforço do manto do molhe representa investimento de 9 milhões

No que toca à obra de reforço do molhe (empreitada que se encontra em decurso), a Secretária Regional explicou que esta «teve uma prorrogação do prazo para a sua conclusão e prevê-se que esteja concluída em Julho de 2018», realçando que o prolongamento se ficou a dever a «contingências normais de uma obra marítima». A empreitada comporta um investimento de 9 milhões de euros, revelou Ana Cunha.


Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com