Ana Cunha Pólo Logístico ETE

Requalificação do Porto de Pipas vai servir várias vertentes da economia ligada ao mar

Marítimo Comentários fechados em Requalificação do Porto de Pipas vai servir várias vertentes da economia ligada ao mar 272
Tempo de Leitura: 2 minutos

As obras referentes à requalificação do Porto das Pipas, em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, que incluem a construção de uma rampa ‘roll-on/roll-off‘ (‘ro-ro’), deverão arrancar até ao final do primeiro semestre de 2020, adiantou a Secretária Regional dos Transportes e Obras Pública. Para Ana Cunha, a empreitada, aliada às obras complementares para melhoramento da operacionalidade e do abrigo no porto irá «dotar Angra do Heroísmo de «condições que servirão várias vertentes da economia ligada ao mar».

Requalificação do porto é «enorme vantagem para esta cidade e para este concelho»

Discursando durante a cerimónia de assinatura do contrato da empreitada, a Secretária Regional dos Transportes e Obras Pública vincou que o Executivo açoriano se «empenhou na requalificação deste porto», sublinhando a certeza de que «esta obra irá traduzir-se numa enorme vantagem para esta cidade e para este concelho, bem como para a ilha Terceira e para os Açores». A rampa ro-ro permitirá, no contexto do transporte marítimo inter-ilhas, embarcar e desembarcar viaturas dos navios ‘Gilberto Mariano’ e ‘Mestre Jaime Feijó’.

«Esta rampa ro-ro será também a última de um ciclo construído ao longo dos últimos anos na Região, ficando os Açores dotados de rampas ro-ro em 11 portos, em oito das nove ilhas», salientou a Ana Cunha, lembrando ainda que o aumento do cais acostável no Porto de Pipas permitirá a utilização desta infra-estrutura por navios de cruzeiro temáticos ou de expedição. «Criadas estas condições, Angra do Heroísmo verá reforçado o seu posicionamento como um grande atractivo para o sector, potenciando não só a ilha Terceira, mas todos os portos da nossa Região», frisou.

«Com as condições com que o Porto de Pipas vai ficar dotado, teremos mais uma importante valência para os armadores que desenvolvem a sua actividade nos Açores, que passam a ter três portos capazes de servir de porto de referência a estes navios», comentou Ana Cunha. Para a Secretária Regional, esta empreitada é mais uma prova do esforço realizado pelo Governo dos Açores na melhoria e requalificação das infra-estruturas portuárias existentes – «um passo importante para a concretização da obra que constitui um dos objectivos do Programa de Governo, na rentabilização das infra-estruturas portuárias», rematou.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com