Rui Torres Maersk

Rui Torres (Maersk): «A necessidade de transparência total e inovação é maior do que nunca»

Logística, Marítimo Comentários fechados em Rui Torres (Maersk): «A necessidade de transparência total e inovação é maior do que nunca» 516
Tempo de Leitura: 2 minutos

A APLOG – Associação Portuguesa de Logística e a KPMG Portugal encontram-se actualmente a desenvolver «o maior e mais completo estudo alguma vez realizado em Portugal sobre o sector da Logística», anunciou a associação, nas redes sociais. Neste contexto, Rui Torres, Country Representative & Sales Manager no Grupo A.P. Moller – Maersk, analisou os impactos no sector logístico e a crescente complexidade das cadeias de fornecedores. Para o especialista português, a «necessidade de transparência total» e de colaboração é hoje «maior do que nunca».

O estudo sobre o sector da Logística está a ser levado a cabo pela APLOG e KPMG em conjunto com a aicep Global Parques, a Administração. dos Portos de Sines e do Algarve (APS), o MDS Group, Merlin Properties, Medway – Transporte & Logística, a A.P. Moller – Maersk e a Rangel Logistics Solutions. A Logística encontra-se na ordem do dia e sob os holofotes mediáticos devido à pandemia e aos esforços adicionais que o sector teve de implementar – principalmente durante o pico pandémico – para garantir o normal funcionamento das vitais cadeias de abastecimento.

Sector da Logística sente «impacto enorme», analisou Rui Torres

APLOG Logistica estudo operadores logísticosNa análise de Rui Torres, a Logística atravessa um momento de «enorme impacto» causado por novos comportamentos dos clientes e «factores externos» que tornaram mais complexas as cadeias de fornecedores. Reagir a tais transformações é, ressalvou o Country Representative & Sales Manager, cada vez mais difícil. Surge, neste contexto, a necessidade de uma «transparência total», de maior colaboração e aposta na Inovação.

«A mudança na exigência dos clientes e os factores externos que a influenciam tiveram um impacto enorme na logística. Com as cadeias de fornecedores a tornarem-se cada vez mais complexas, significa que se torna difícil reagir com rapidez a essas mudanças. A necessidade de transparência total, maior colaboração e inovação baseada em dados é maior do que nunca. Por outro lado, as cadeias de abastecimento estão no meio de uma evolução que mudará a forma como as organizações operam. Considerando a aceleração da digitalização, a influência dos eventos económicos e políticos, e mais recentemente uma pandemia, no comércio global e, o cada vez maior, foco na sustentabilidade, os desafios são maiores do que nunca», analisou Rui Torres.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com