S.E.P. 265 e a greve do SEAL: «Paralisação a gerar será apenas parcial e não total»

Marítimo Comentários fechados em S.E.P. 265 e a greve do SEAL: «Paralisação a gerar será apenas parcial e não total» 550
Tempo de Leitura: 2 minutos

Através de uma missiva, à qual a Revista Cargo teve hoje acesso, o S.E.P. 265 (Sindicato dos Estivadores Portuários de Setúbal – STPSET) anunciou que «o pré-aviso de greve anunciado pelo Sindicato SEAL (Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística) a entregar já na próxima Segunda-feira com marcação da data de início da paralisação, não irá ter adesão de 100% por parte dos trabalhadores».

«Cerca de 70% dos trabalhadores portuários não vão aderir à paralisação», adianta o S.E.P. 265

No comunicado, o S.E.P. 265 vinca que «a paralisação a gerar será apenas parcial e não total» – recorde-se que o SEAL havia declarado que iria lançar um pré-aviso de greve para o Porto de Setúbal, deixando até em aberto a possibilidade dessa forma de luta sindical ser alargada ao Porto de Lisboa. Em causa está, acusa o sindicato liderado por António Mariano, o «incumprimento» do CCT por banda da Sadoport.

«O Sindicato S.E.P. 265 tomou conhecimento por fonte segura de que cerca de 70% dos trabalhadores portuários não vão aderir à paralisação. Em causa (da não adesão por parte dos mesmos), está a pouca afluência de trabalho existente actualmente no Porto de Setúbal, consequente da última paralisação do mesmo, geradora de perdas de acordos contratuais com as empresas de transporte, exportação e importação de mercadorias por via marítima», revelou a entidade sindical na missiva.

Explica o sindicato que tal cenário «terá naturalmente mais impacto na situação financeira dos trabalhadores eventuais que formam o seu rendimento mensal através da angariação de turnos efectuados no Porto de Setúbal e o decorrer de uma nova greve irá meter em causa a estabilidade financeira e consequentemente o bem-estar e a qualidade de vida, pessoal e familiar, mínima admissível de todos esses trabalhadores», rematando a força sindical com a garantia de que «está com os trabalhadores de Setúbal».

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com