scania trucks ibérica

Scania apresenta recurso e rejeita indícios de cartelização sancionados pela UE

Empresas, VeículosComentários fechados em Scania apresenta recurso e rejeita indícios de cartelização sancionados pela UE541
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Scania havia deixado claro que iria apelar contra a decisão da Comissão Europeia no que toca à sentença do processo de cartelização ocorrido entre 1997 e 2011 – a intenção passou agora ao acto, com a construtora sueca a apresentar, junto do Tribunal Geral da União Europeia, um recurso contra a política de regulação concorrencial definida pela União Europeia, e, consequentemente, contra a multa estabelecida pela instituição (por, alegadamente, não ter colaborado com a investigação).


Scania rejeita indícios de cartelização e atraso na introdução de novos motores compatíveis com a legislação

Na missiva hoje publicada pela Scania – à qual a Revista CARGO teve acesso – pode ler-se que a construtora sueca rejeita quaisquer indícios de práticas de cartelização de preços: «A Scania não entrou em nenhum acordo pan-europeu com outros fabricantes em relação aos preços. Além disso, a empresa não atrasou a introdução de novos motores compatíveis com a legislação da UE para as emissões de gases de exaustão». A marca sueca garante ainda ter «colaborado plenamente com a Comissão Europeia durante todo o período de inquérito», negando assim ter ocultado quaisquer dados ou incumprido com o dever de assistir a investigação.

Marca garante ter facultado «todas as informações durante a investigação»

Recorde-se que no passado dia 27 de Setembro de 2017, a Comissão Europeia aprovou uma decisão que responsabilizava a Scania por actos de cartelização, condenando-a ao pagamento de uma multa de mais de 880 milhões de euros por alegadamente ter participado de trocas inadequadas de informações e colusão com outros fabricantes europeus de camiões no que se refere à fixação de preços e à introdução de tecnologias de emissões durante o período de 1997-2011. À data, a Scania havia reiterado inocência, garantindo ter fornecido «todas as informações e explicações durante o período da investigação».


Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com