scania camião

Scania compra a Nantong Gaokai e prepara-se para fabricar camiões em território chinês

Empresas, Veículos Comentários fechados em Scania compra a Nantong Gaokai e prepara-se para fabricar camiões em território chinês 315
Tempo de Leitura: 2 minutos

A fabricante sueca de camiões Scania, unidade que integra a Traton (divisão de veículos comerciais da Volkswagen) adquiriu uma empresa de camiões na China: este passo marca o arranque da aposta da marca, pela primeira vez, no fabrico de veículos no maior mercado automotive do mundo.

Scania fecha aquisição e marca posição no efervescente mercado chinês

De acordo com a agência Reuters, a aposta da Scania é um facto consumado: a fabricante sueca adquiriu a companhia chinesa Nantong Gaokai, cuja sede se localiza na cidade de Rugao, no leste da China. A aquisição, já fechada, permite à Scania, automaticamente, obter uma licença de fabricação de camiões em território chinês, adiantou a Reuters. Esta decisão estratégia surge depois da empresa afirmar que iria investir numa fábrica de montagem de baterias na sua terra natal, enquanto, em simultâneo, prossegue a exploração de outras tecnologias viradas para o futuro.

scaniaA Nantong Gaokai, agora adquirida pela fabricante sueca, funcionava anteriormente como uma unidade sob o controlo da empresa estatal Jiangsu Gaokai Investment Development Group. De assinalar que o mercado automotive está estável por terras chinesas: as vendas globais de camiões na aumentaram 24% entre os meses de Janeiro e Outubro de 2020, atingindo o patamar dos 3,87 milhões de veículos, impulsionadas pelo investimento do governo em infra-estrutura e à medida que os compradores actualizaram as suas frotas para cumprirem as regras de emissões mais rígidas.

O mercado é amplamente dominado por fabricantes de automóveis locais, incluindo a FAW Jiefang Group, Dongfeng Motor Group e Sinotruk Hong Kong, que oferecem veículos com preços mais competitivos. Todos os camiões Scania vendidos na China são importados e têm preços mais altos do que os dos rivais domésticos, reporta a Reuters na sua peça jornalística. O mercado automotive chinês afigura-se como um verdadeiro motor do sector, com fortes perspectivas de crescimento no futuro: fabricantes internacionais de camiões, incluindo a MAN e Volvo Trucks, possuem actualmente parcerias com empresas chinesas. Também a Daimler planeia construir camiões da marca Mercedes-Benz através da sua joint venture com a Beiqi Foton Motor.

Fonte: Reuters

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com