evergreen

‘Scrubbers’ roubarão «pelo menos 200 TEU» à capacidade de carga de cada ULCV, diz a Alphaliner

Marítimo Comentários fechados em ‘Scrubbers’ roubarão «pelo menos 200 TEU» à capacidade de carga de cada ULCV, diz a Alphaliner 406
Tempo de Leitura: 2 minutos

Os scrubbers instalados em ULCV’s poderão roubar «pelo menos 200 TEU» de capacidade de carga, de acordo com a consultora Alphaliner, que calculou essa perda num porta-contentores da transportadora marítima Evergreen (G-Class) de 20.150 TEU de capacidade de carga.

A Alphaliner fez as contas: scrubbers roubam 200 TEU em cada ULCV

O navio porta-contentores em questão encontra-se actualmente em construção nos estaleiros japoneses – o exercício analítico da Alphaliner comparou este (já com a virtual instalação dos scrubbers) com um navio exactamente igual, entretanto já recebido pela Evergreen.

A Alphaliner explicou que, segundo os dados recolhidos, a instalação da caixa de depuração no novo ULCV da Evergreen excederia, em largura, os seis ou sete contentores, e ocuparia uma baía de um contentor de 40 pés. «Um efeito negativo notável na capacidade de carregamento de contentores», concluiu a consultora internacional.

Tal ‘sacrifício’ de espaço e de capacidade de transporte poderá, inferiu a Alphaliner, ser um importante factor na equação de potenciais perdas de receita por parte das transportadoras marítimas e até, por isso mesmo, um tópico crucial na escolha da estratégia adoptada para cumprir com as regulamentações da IMO, que vigorarão a partir de 2020.

Investimento nos scrubbers poderá ser recuperado em menos de dois anos?

Um factor ainda desconhecido no cálculo é a diferença real de preço entre o óleo combustível pesado (Heavy Fuel Oil) actual consumido pela frota marítima mundial e o teor máximo de enxofre de 0,5% de LSFO (óleo combustível com baixo teor de enxofre) permitido pela IMO a partir de 1 Janeiro de 2020. Embora a indústria do bunkering não preveja publicar de antemão o preço para o LSFO até o terceiro trimestre deste ano, a expectativa – adiantada pelos analistas – é de que o spread esteja na faixa dos 200 dólares por tonelada.

Dado que um ULCV queimará cerca de 200 toneladas por dia enquanto estiver no mar, o preço da adaptação de um scrubber para a frota existente, juntamente com o custo de seis semanas de retirada da embarcação, poderá ser recuperado em menos de dois anos. 

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com