SEAL lança novo pré-aviso de greve para Lisboa, entre 6 de Julho e 10 de Agosto

Marítimo Comentários fechados em SEAL lança novo pré-aviso de greve para Lisboa, entre 6 de Julho e 10 de Agosto 580
Tempo de Leitura: 2 minutos

Nos tribunais mas também no cais: o diferendo entre operadores e estivadores prossegue, não apenas na via judicial (devido à insolvência da empresa de trabalho portuário A-ETPL) mas também no teatro de operações portuárias: o sindicato SEAL lançou um novo pré-aviso de greve para o Porto de Lisboa, compreendendo o período de 6 de Julho a 10 de Agosto.

SEAL lança pré-aviso de greve

Segundo refere o pré-aviso de greve do SEAL, a paralisação arrancará às 8 horas de dia 6 de Julho e estender-se-á até à mesma hora de 10 de Agosto, abrangendo todos os estivadores efectivos ou com contrato por tempo limitado, de todas as empresas de trabalho portuário e empresas de estiva a operar no porto da capital. No cerne da querela está a utilização de trabalhadores que não tenham integrado o contingente a 4 de Fevereiro de 2020, que o sindicato não reconhece como acto legítimo. Trata-se, assim, de uma extensão de uma reivindicação mantida pelo sindicato.

Na origem deste protesto está a utilização de trabalhadores contratados (pela Porlis e ETE Prime) em contexto de greve da estiva e na sequência da falência da A-ETPL. A cessação da actividade e consequente extinção da empresa de trabalho é um dos pontos de discórdia entre sindicato e operadores do porto: o SEAL luta na justiça pela reactivação da mesma, algo que a via judicial, por agora, negou – o Tribunal do Comércio de Lisboa rejeitou votar a reabertura da empresa. «Ao contrário do que pretendiam os trabalhadores e o SEAL, a proposta de reabertura da A-ETPL nem sequer foi votada», comentou, após divulgação da decisão, Diogo Marecos, representante da AOPL e director da extinta A-ETPL.

Em contraponto, António Mariano, líder do sindicato, defendeu que a não aprovação da reabertura da A-ETPL «não é uma decisão definitiva», sendo possível voltar a equacionar ta cenário após de concluído o plano de recuperação aprovado. O novo pré-aviso de greve abrange também o Porto de Setúbal, mas apenas tendo como alvo a operação de navios que desde 4 de Fevereiro tenham sido desviados do porto lisboeta devido à paralisação.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com