shell

Shell desenvolve fornecimento de GNL ‘ship-to-ship’ no porto de Roterdão

Marítimo Comentários fechados em Shell desenvolve fornecimento de GNL ‘ship-to-ship’ no porto de Roterdão 420
Tempo de Leitura: 1 minutos

A holandesa Shell desenvolveu um navio state-of-the-art para o abastecimento de navios (ship-to-ship) a GNL no porto de Roterdão, o mais movimentado da Europa. O navio vai operar a partir de Roterdão mas sem estar limitado ao espaço portuário local, podendo fornecer GNL para navios a um vasto leque de clientes, nomeadamente nas vias fluviais europeias.

O novo navio desenvolvido pela energética holandesa concede ao porto de Roterdão toda uma mais-valia no abastecimento de navios a GNL, visto que o maior porto europeu só contava até aqui com abastecimento truck-to-ship, a partir de terra.

O navio da empresa tem capacidade para armazenar 6.500 metros cúbicos de combustível GNL para navios. E a este deverá juntar-se uma segunda unidade, de 3.000 metros cúbicos de capacidade, no âmbito de um acordo assinado entre a Shell, a Victrol e a CFT.

Shell vê GNL a ter «papel importante» no futuro do sector

«O GNL enquanto combustível marítimo tem um papel importante a desempenhar no futuro mix energético», admite Steve Hill, Vice Presidente Executivo da Shell Energy.

«Com estes navios de abastecimento, a Shell demonstra o seu compromisso para a construção de uma cadeia de abastecimento robusta e fiável que vá ao encontro das necessidades dos clientes. Com regulações de emisões mais apertadas no horizonte, continuaremos a trabalhar de perto com os nossos clientes e parceiros em soluções de energias mais limpas», acrescentou Steve Hill.

 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com